capa do post

Quais templos visitar na Tailândia?

Viagem | 2 | 29/05/2020

A Tailândia é um país incrível, muito conhecido por difundir o budismo pelo mundo!

A religião é tão forte por lá, que cerca de 95% da população tailandesa é budista!

Tanto é que a cultura do país é muito influenciada pelos ensinamentos e costumes do budismo. Esse é um dos motivos que justificam o país ter por volta de 40 mil templos budistas! Proporcionalmente, se a Tailândia tivesse o tamanho do Brasil, eles teriam nada menos que 600 mil templos! É muita coisa!

Em cidades como Chiang Mai, os moradores costumam se localizar não por nomes de ruas, mas pelos templos, de tantos que existem por lá!!

Essas construções são ricas em detalhes, com muitos elementos que representam mitos e acontecimentos históricos da religião, tornando tudo não apenas lindo de se ver, mas também uma experiência espiritual! Conhecer os templos budistas, mais do que turismo, te conecta um pouco mais à cultura e costumes deste país incrível!

Então, com tanto templo pra conhecer na Tailândia, quais você deve priorizar pra visitar?

Nossa opinião é, se você tem interesse neste tipo de turismo, aproveite ao máximo e visite os templos que puder! Caso contrário, visite um ou outro e parta para o que você quer mesmo conhecer!

Aqui vamos listar os principais templos: os mais famosos e outros menos comuns que visitamos e gostamos, além de templos que estavam na nossa lista mas não tivemos tempo de conhecer.

Quais templos visitar na Tailândia? - 2

Escadaria na entrada do Templo da Montanha, em Chiang Mai | Foto: Pelo Mundo a Dois

Templos em Bangkok

Existem regras para vestimentas dentro dos templos e, apesar de alguns serem mais flexíveis que outros, fique atento: as regras em geral são: não mostrar o colo, ombros ou as pernas (mulheres), e os homens, melhor usarem calças pra não mostrar do joelho para baixo.

Outro ponto importante é: procure saber se o templo está aberto antes de ir! Os horários que colocamos são de dezembro/2019.

Templo Buda Esmeralda/Grande Palace – Wat Phra Kaew: esta é um dos principais templos do país. O complexo contém os templos budistas e o Grande Palácio, que já foi morada da monarquia tailandesa. O lugar todo forma um complexo, que teve sua construção inspirada na antiga capital Ayutthaya (que foi invadida e destruída pelos birmaneses, povo que vivia no atual território de Mianmar), e foi feita na época em que a capital foi transferida para Bangkok.

O Buda Esmeralda é o mais importante para os tailandeses e é, na verdade, feito de jade! A estátua é relativamente pequena e não é permitido fotografá-la de dentro do templo. Uma das histórias conta que a estátua foi descoberta por acaso: quando ela foi encontrada, a estátua era de gesso, e um monge percebeu uma parte do nariz em que algo verde estava à mostra. Após tirarem todo o gesso, perceberam que a verdadeira estátua estava escondida e era de jade!

Este templo é o que cobra o maior valor pra visita: 500 THB (uns 16 USD) por pessoa e era o mais rígido quanto às vestimentas. Ele fica aberto das 08:30 às 15:30.

Quais templos visitar na Tailândia? - 5
Quais templos visitar na Tailândia? - 6

Wat Samphran, o Templo do Dragão, em Bangkok | Foto: Pelo Mundo a Dois

Templo Buda Deitado - Wat Pho: Este templo tem a famosa estátua do Buda Deitado (ou Reclinado), com acabamento em ouro, medindo aproximadamente 46 metros! É muito bonito e, além do clima zen e ser mais vazio que o Grand Palace, você consegue boas fotos (se tiver paciência com o monte de turistas).

O valor está em torno 200 THB por pessoa, e você ainda ganha uma garrafinha de água pra aliviar o calor.
Aqui, homens podem entrar com bermudas na altura do joelho e camiseta, mas as mulheres já deveriam estar mais “cobertas”. O templo funciona todos os dias, das 08:30 às 17h.

Quais templos visitar na Tailândia? - 9
Quais templos visitar na Tailândia? - 10

Wat Pho, Templo do Buda Reclinado em Bangkok | Foto: Pelo Mundo a Dois

Templo do Amanhecer – Wat Arun: Para chegar neste templo é super simples, pois ele fica pertinho dos dois templos acima: logo atrás do Wat Pho, uma reua leva à entrada de um píer no rio Chao Phraya. Você pode pegar um barco ali e descer bem na entrada do Wat Arun!

Esse templo foi remodelado ao longo do tempo, sofrendo reformas logo após a mudança da capital da Tailândia de Ayutthaya para Bangkok.
Dizem que tem este nome pois o rei viu o amanhecer lá e ficou deslumbrado com vista!!!

Dá pra visitar o templo no mesmo dia do Buda Deitado e do Grand Palace, andando mesmo, e o valor da entrada é 100 THB por pessoa, algo como US$4. E o valor do barco mais ou menos R$0,50. Ele funciona todos os dias das 08:30 às 17:30.

Templo de Mármore – Wat Benchamabophit: O templo é feito com toneladas de mármore branco que vieram da Itália, cheio de detalhes e grandiosidade.

Foi feito a pedido do Rei Rama V da Tailândia, por volta de 1899. Esse rei marcou época por grandes construções quase megalomaníacas, dentre elas, este templo incrível!
Ele fica em Bangkok e é mais vazio do que os outros mais famosos. Por isso, mais tranquilo de se visitar.

As regras de vestimentas aqui são mais flexíveis e homens podem entrar com bermudas na altura do joelho e camiseta. O valor é mais em conta: 50 THB por pessoa - uns US$ 2, e funciona todos os dias, das 08:30 às 17:30.

Templo do Buda de Ouro – Wat Traimit: Este templo abriga a maior estátua de Buda feita de ouro maciço no mundo, com aproximadamente 15 metros de altura! É bem imponente! A entrada aqui é 50 THB para o templo, que funcionara diariamente, das 08:30 as 17h.

Wat Saket – Golden Mount: o templo fica sobre um monte de 80 metros de altura, e pra chegar lá é preciso encarar uma escadaria de mais de 300 degraus! Mas, vale a pena: a vista da cidade é bem incrível e o templo é bem bonito! A entrada custava 50 THB e funciona das 08:30 as 17h.

Templo do Dragão – Wat Samphran: este templo tem uma arquitetura totalmente diferente, e o encontramos em fotos no Instagram! Ele fica fora da cidade de Bangkok e, pra chegar lá, você vai ter que pegar um táxi, Grab ou outro meio de transporte.

O templo é um prédio cilíndrico de 17 andares, e um dragão gigante está subindo pela construção, ao redor do prédio! Pra chegar no topo, você sobre por dentro do corpo do dragão! Isso tudo nos fascinou e fez visitar este templo! Foi uma pena não termos um drone ou uma câmera fotográfica na época, pra fazer fotos mais incríveis!

Ele não é muito turístico (nós éramos os únicos no lugar) e, por ser afastado da cidade, é bem tranquilo. Mas suas instalações não estão muito tão bem cuidadas, principalmente comparado à templos como o Grande Palace! Mas, se você quer conhecer algum templo fora do circuito, essa é uma boa pedida! Não vai se arrepender!

Ele fica a 50km de Bangkok, não cobrava entrada e, apesar de acharmos poucas informações disponíveis sobre ele na internet, quando fomos, ele ficava aberto das 08h às 18h.

Templos em Chiang Mai

Chiang Mai tem, proporcionalmente ao seu tamanho, MAIS TEMPLOS que Bangkok! Então, a lista de templos que colocamos aqui são nossas sugestões, mas você pode simplesmente visitar os mais conhecidos, ou então, deixar pra visitar os templos que quiser, conforme for passando por eles nas ruas – e, acredite, você vai passar por muitos deles!

Templo da Montanha – Wat Doi Suthep: um dos templos mais importantes do país, ele foi construído em cima de uma montanha – você vai ter que subir 300 degraus até o topo!

Existem várias lendas e histórias sobre a construção deste templo, como a de que um elefante branco que carregava uma relíquia de Buda subiu a montanha e, ao chegar o topo, morreu. Entendendo isto como um sinal, o rei da época decidiu que ali deveria ficar a relíquia e ordenou a construção do templo.

Verdade ou não, o templo é muito lindo (talvez o mais bonito que vimos fora de Bangkok)! Vale a ida!!

Ele fica afastado da cidade e, pra chegar, você pode pedir um Grab ou fechar com um dos transportes coletivos que tem em Chiang Mai, que são as caminhonetes vermelhas, que estão por toda a cidade. Dá pra negociar o destino e preço com o motorista.

No nosso caso, acordamos bem cedo, paramos um motorista na rua, combinamos o destino e fechamos o valor, tudo na hora. Ele nos esperou visitar o templo e nos levou de volta – claro, pagamos apenas quando fomos embora. Saiu THB 300 pro casal e levou cerca de 30 minutos pra chegarmos no templo. A entrada no complexo onde está o templo custa em torno de THB 30 por pessoa.


Wat Phra Singh: Também um dos maiores e mais importantes templos da cidade, é um templo do século XIV. Muito bonito, com uma estupa dourada super característica. Fica dentro da cidade murada. A entrada custa em torno de THB 60 por pessoa.

Quais templos visitar na Tailândia? - 15
Quais templos visitar na Tailândia? - 16

Wat Doi Suthep, o Templo da Montanha, em Chiang Mai | Foto: Pelo Mundo a Dois

Wat Phan Tao: este templo fica ao lado do Chedi Luang e é construído em madeira. Tem várias lanternas e bandeiras decorando o terreno e é um espaço bem bonito. Não paga pra entrar.


Wat Phun Ohn: onde tem um flea Market às sextas-feiras. Fica próxima à um dos portões da cidade murada, a caminho do Mc Donald’s (Thapae Gate). Não paga pra entrar.

Wat Chet Lin: do lado de fora, você não dá muita importância, mas aos fundos dá pra ver onde os monges descansam, e ainda tem uma ponte de bamboo sobre um lago, que fica super legal pra fazer umas fotos! Não paga pra entrar.

Wat Sri Suphan – Templo de Prata: o templo é muito bonito e fora da cidade murada. Infelizmente, esse não pudemos visitar. A entrada custa em torno de THB 100 por pessoa.

Wat Lok Molee: fora da cidade murada, fica logo atravessando a avenida do North Gate. Ele é conhecido pela sua grande estupa, aos fundos do terreno, que é uma das maiores da cidade.

Como falamos, Chiang Mai tem templo por todo lado, e os moradores costumam se localizar na cidade pelos templos, e não pelos nomes das ruas. Então, nas suas caminhadas pela cidade, ao encontrar um templo interessante, veja se consegue fazer uma visita. Abaixo, mais alguns que vistamos (e conseguimos pegar os nomes):

• Wat Muentoom;
• Wat Pha Khao;
• Wat Chamg Taem;
• Wat Si Koet;
• Wat Inthakhin Sadue Muang.

Quais templos visitar na Tailândia? - 19

Monge varrendo no Wat Phan Tao, ao lado do Chedi Luang | Foto: Pelo Mundo a Dois

Quais templos visitar na Tailândia? - 21

Wat Inthakhin Sadue Muang, em Chiang Mai | Foto: Pelo Mundo a Dois

Wat Chedi Luang: Um dos maiores e mais antigos templos da cidade, possui uma antiga estrutura (pagoda) na parte de trás do templo que já foi a mais alta construção de Chiang Mai (na verdade, a mais alta de toda aquela região na época de sua construção). A entrada é paga, em torno de THB 50 por pessoa.

Quais templos visitar na Tailândia? - 24

Wat Chedi Luang, em Chiang Mai | Foto: Pelo Mundo a Dois

Templos em Chiang Rai

Chiang Rai fica a umas 3 horas de carro de Chiang Mai e, para visitar os 2 templos mais famosos de lá, vale fechar um tour que te leve para os dois, saindo bem cedo pela manhã e voltando no fim da tarde.

Templo Branco - Wat Rong Khun: com certeza, algo que você deve considerar colocar no seu roteiro é uma visita a este templo. Ele é todo branco, com detalhes em pedaços de vidro/espelho, que refletem a luz. É mesmo muito bonito!

Este templo tem uma história meio diferente: um artista tailandês comprou o templo antigo e se comprometeu a restaurá-lo. Mas fez isso de uma forma muito peculiar: ele tem várias esculturas e detalhes de acabamento diferentes (como as mãos de centenas de pessoas ao redor da pequena ponte que dá acesso à porta do templo, como se estivessem saindo de um abismo), ou como as cabeças de figuras como Wolverine, por exemplo, penduradas nas árvores ao redor.

E não para por aí: dentro do templo, as paredes são todas pintadas com figuras da cultura pop, como Neo, Batman, Superman, X-men, Michael Jackson... uma loucura! O templo é uma mistura de arte e religião e faz parte da história e do turismo de Chiang Rai. Vale a visita!


Templo Azul - Wat Rong Suea Ten: também na mesma região que o Templo Branco, é mais novo e mais tranquilo, com menos turistas. Se você for pra Chiang Rai, já aproveita e visite os dois!

Quando ir: Clima e Alta temporada


A melhor época pra ir para a Tailândia costuma ser de novembro a abril, quando o calor já é insano! O país é regido pelas monções asiáticas e costuma chover fora dessa época, então, prefira não ir de maio a outubro.

Dentro deste período costuma ser a alta temporada, que vai de dezembro a fevereiro. Nesta época é quando o clima está melhor pra visita, mas é também quando os preços vão estar pouco mais altos que o normal e tudo com maior movimento.

Quais templos visitar na Tailândia? - 28

Wat Chet Lin, em Chiang Mai | Foto: Pelo Mundo a Dois

Quais templos visitar na Tailândia? - 30
Quais templos visitar na Tailândia? - 31

Wat Lok Molee, em Chiang Mai | Foto: Pelo Mundo a Dois

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail