capa do post

O que fazer depois de obter a cidadania italiana?

Viagem | 5 | 27/11/2021

Eu lembro quando era mais novo, há uns bons 20 anos, que ouvia meus pais conversando sobre algum parente distante que estava morando fora do Brasil, trabalhando em outro país e que não tinha nem pretensão de retornar, pois ele poderia ficar lá indefinidamente.


Lembro também de não entender muito bem o que esse negócio de “não ter que voltar” significava, até que anos depois, por volta de 2012, fui entender melhor isso; foi quando passei a conhecer mais e mais pessoas que estavam viajando o mundo, e eu mesmo acabei embarcando na minha primeira viagem (contei um pouco sobre isso aqui).


Se alguém deseja estudar ou trabalhar em outro país de forma legal, vai precisar de algum tipo de autorização e com certeza vai ter um prazo para isso (os vistos e tempos de permanência).


É simples: quer viver para sempre fora do Brasil? Precisa dar um jeito nas burocracias e documentações. E isso não é exatamente um processo tranquilo.


Mas sabe por que aquele meu parente distante não tinha nem pretensão de retornar ao Brasil? Porque ele havia conseguido se estabelecer em outro país de forma legal e definitiva: ele conseguiu reconhecer sua cidadania italiana!

O que fazer depois de obter a cidadania italiana? - 2

Eu já venho falando bastante sobre a obtenção da cidadania italiana,  justamente porque ela é uma grande vantagem para quem pensa em viver em outro país - pode ser que você sonhe em estudar em outro lugar, ou vai ver você quer se mudar e trabalhar fora. Talvez até você queira recomeçar a vida e ir embora definitivamente!


Não importa se você está em busca de uma mudança temporária ou permanente, quando você tem a cidadania italiana, você passa a usufruir de muitas vantagens, como a isenção de visto para várias nações, a livre circulação nos países do bloco europeu e pode morar e trabalhar numa boa na Europa, não apenas na Itália!



Mas vamos lá: depois de entrar com seu processo e conseguir se tornar um cidadão italiano, o que você tem que fazer? É só fazer as malas e se mudar? Dá para sair viajando o mundo tranquilamente ou você ainda tem alguma burocracia para resolver?


Pois é, aposto que você nunca se fez essa pergunta (não julgo, eu mesmo levei anos para pensar a respeito desse assunto), mas é exatamente isso que vou compartilhar com vocês: o que fazer depois de obter cidadania?

O que fazer depois de obter a cidadania italiana?

As pessoas se acostumaram a pensar que ter a cidadania italiana é ter um passaporte para postar uma foto no Instagram, mas na realidade, a cidadania não tem relação com ter ou não um passaporte.


O reconhecimento da cidadania é finalizado quando você tem sua certidão de nascimento italiana pronta, devidamente registrada junto às autoridades do país, e só depois desta etapa é que você pode pensar em emitir seu passaporte.


Após se tornar um cidadão italiano, o que você precisa mesmo fazer é manter seu registro de residente italiano atualizado. 


Basicamente, o que as autoridades italianas precisam saber é se você é casado, onde mora, se tem filhos, essas coisas, e para isso é que serve o AIRE, “Anagrafe Italiani Residente all’Estero”.

O AIRE é o registro obrigatório para os italianos que vivem no exterior e nele constam seus dados para o governo europeu.


Depois disso, é só decidir quando tirar seu passaporte, se vai ficar no Brasil, se vai se mudar para a Itália ou para algum país da União Europeia, ou mesmo se vai sair viajando o mundo - só para lembrar: viajar vai ficar ainda mais fácil, já que o passaporte italiano está entre os mais fortes do mundo, ou seja, te permite a entrada em quase todos os países do mundo sem a necessidade prévia de visto!


Ah, se quiser saber como tirar o passaporte italiano, dá uma olhadinha aqui!

Quais os direitos e obrigações ao se obter a cidadania italiana?

Uma dúvida comum, e eu mesmo já pensei nisso, é sobre quais os deveres e direitos de quem se torna cidadão italiano. O que você deve fazer ou o que pode fazer?


São perguntas como “É necessário votar na Itália?”, ou então “É necessário recolher impostos no país?”, e ainda “Onde eu posso morar e para onde eu posso viajar?”.


Vou falar disso já!


A primeira coisa a saber é que o voto na Itália não é obrigatório como no Brasil e, por isso, ao ser convocado pelas autoridades italianas, vota quem quiser.


Já a arrecadação de impostos é obrigatório para quem reside na Itália ou possui bens no país, não para quem está no Brasil. Se você continuar vivendo aqui, em terras tupiniquins, suas obrigações tributárias são para com o Fisco brasileiro e seu único dever mesmo é garantir que seu cadastro AIRE esteja atualizado.


Como mencionei, ser cidadão italiano vai te permitir viver em qualquer país da União Europeia e, mais do que isso, permite sua entrada na maioria dos países do mundo sem visto - inclusive nos Estados Unidos.


É aquela facilidade que muitos viajantes e pessoas buscando novas oportunidades de vida em outro país tanto anseiam!


Agora que você já sabe o básico sobre o que fazer e quais os direitos e deveres ao se tornar um novo cidadão italiano, eu pergunto: você já começou o seu processo de reconhecimento? Você ao menos sabe se tem o direito à cidadania? 


Para te ajudar a responder isso, minha dica é que você confira o trabalho da Varaschin Cidadania Italiana (veja o site deles aqui)!


A Varaschin é uma assessoria especializada no reconhecimento da cidadania italiana e oferece uma série de serviços para te ajudar com seu processo!


Eles fazem assessoria no Brasil ou na Itália, realizam a busca de documentos (muita gente empaca nessa parte, com problemas para encontrar a documentação necessária), dão suporte para a montagem da árvore genealógica, tudo isso e muito mais em uma empresa séria e competente!


Não sei o que você pensa a respeito, mas para mim, ter a cidadania italiana é mais que um sonho realizado: representa novas oportunidades e mudança de vida! Um novo idioma, uma nova cidade, um novo emprego e mais portas abertas, tudo graças a um direito reconhecido!


Se você quer saber se tem direito à cidadania e precisa dar entrada no seu processo, ou já sabe sobre seus direitos, mas está com qualquer dificuldade, tenho certeza de que a Varaschin pode ajudar!


Para falar com a Varaschin, você pode ir direto ao site ou Instagram deles aqui embaixo!


Tem alguma dúvida? Deixa aqui nos comentários! E bora tirar esse sonho do papel!



O que fazer depois de obter a cidadania italiana? - 11

Este artigo foi escrito em parceria com a Varaschin Cidadania Italiana, empresa especialista em assessoria no reconhecimento de cidadania italiana.

O que fazer depois de obter a cidadania italiana? - 13

Texto: Vinícius Marchetti

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail