capa do post

5 Biografias que você deveria ler

Blog | 3 | 18/03/2021

Compartilhar histórias marcantes e que tiveram algum impacto nas nossas vidas é algo natural do ser humano.

Não apenas gostamos de contar, mas gostamos de ouvir histórias; isso nos conecta uns com os outros!

É por este motivo que bons livros e, mais ainda, boas biografias, são aquelas em que as histórias captam sua atenção e te levam a caminhar junto com o autor pelas histórias vividas.

Não li as mais famosas biografias, mas as que li foram marcantes e me trouxeram lições valiosas, como ver grandes ídolos passando por dores e traumas imensos e, ainda assim, tirarem forças para estudar, treinar e se tornar algo melhor. Ou entender mais da trajetória de grandes conquistas e ver que muita coisa eu poderia aplicar na minha vida para conquistar o que queria pra mim.

Tudo isso, textos recheados de lições e aprendizados, ficam ainda melhores e mais interessantes porque são, no fim, histórias. Grandes histórias, cada uma contada de um jeito, mas que te conectam e mantêm seu interesse a mil!

Se você gosta de histórias de vida vencedoras, de conhecer mais os bastidores de alguma coisa, se está em busca de grandes lições de pessoas de sucesso ou simplesmente quer ficar por dentro da vida de alguns famosos, essas são as leituras que recomendo:

5 Biografias que você deveria ler - 2

Não sei se você que está lendo este artigo sabe, mas eu sou baterista desde os 12 anos, mais ou menos.

Não baterista, baterista, do tipo famoso, com banda e aquele músico que representa tudo que a MTV dos anos 1990 foi um dia. Mas sou músico. Baterista. Batera.

E um dos meu ídolos é o Travis, baterista da minha banda (favorita) blink-182.

Um cara que não cresceu com muito, que é diferente, introspectivo, dedicado e esforçado, além de extremamente talentoso. Tudo o que eu achava legal nele antes, só aumentou depois que li sua biografia.

O que achei mais legal desse livro são lições e exemplos positivos que trouxe para a minha vida - um cara todo tatuado e, até certo ponto, rebelde, tem o que para ensinar, afinal?

Aparentemente, muita coisa! Apesar de não ser um atleta, o livro mostra um lado do Travis que nunca havia imaginado existir, e que lembra muito a vida do Cristiano Ronaldo: uma pessoa centrada e muito dedicada, que sabe onde quer chegar e que não espera que apenas o talento o faça conquistar seus sonhos.

Interessante e cheia de voltas por cima, é uma história de vida que vai do nada até o ápice do sucesso da banda, passando pela experiência de quase morte, traumas e muita superação pelo caminho!

É a prova de que não são apenas grandes CEOs, gurus ou estudiosos que têm algo a ensinar.

(Clique aqui e veja o livro na Amazon)



Definitivamente, um livro que eu recomendo! E não é porque eu adoro a banda - se você está em dúvida, Anthony Kiedis é o vocalista do Red Hot Chili Peppers!

Esta leitura foi tão boa, que me lembro dos momentos que vivia enquanto lia este livro - estava na Costa Rica, devorando cada página enquanto curtia o sol e o clima “Pura Vida”, uma espécie de lema no país!


Veja o post sobre a Costa Rica aqui!


A história do vocalista vai desde à infância até alguns anos atrás, é muito interessante e te mantém preso à leitura. Em muitos trechos, o que se lê é triste e pesado - passamos por histórias de dependência química, mortes, internações e reabilitações, mas também passamos por momentos épicos, como shows conhecidos, momentos de amizade incondicional e muito, mas muito dos bastidores da banda.

São sempre muito atraentes as histórias de superação, principalmente de famosos. Não poderia ser diferente com ele!

Claro que tem muita coisa que nos prende à leitura porque se trata de uma grande personalidade, mas é o tipo de livro que você não quer largar, que você quer ler tudo o mais rápido possível e, quando chega ao fim, deseja que não acabe.

Scar Tissue é divertido, transparente, denso e, por isso tudo, interessante e indispensável!

Mesmo não sendo fã de rock (ou mesmo da banda), uma leitura mais que recomendada!

(Clique aqui e veja o livro na Amazon)



Apesar de soar forçado, me apaixonei pela história de vida da Michelle e, sem querer, pela do próprio Obama.

O livro conta a trajetória de vida de uma mulher forte e, decididamente, obstinada a conquistar mais que a vida que queriam lhe dar!

De origem humilde e, sendo mulher negra, Michelle poderia ter muito o que usar como desculpas na vida e se vitimizar, mas ela escolheu seguir o caminho em que lutava por seus direitos e acabou conquistando o mundo!

Eu, sendo homem branco, fiquei emocionado em conhecer mais da vida dessa mulher incrível e que, como tantas brasileiras (e mulheres mundo afora), têm muito a nos ensinar! Não precisou ler o livro da ex-primeira-dama para que eu tivesse essa opinião, mas ainda assim, um aprendizado mais do que válido!

Todos os dias, gostaria de ter um mínimo que fosse da inteligência e dedicação que a Michelle teve durante sua trajetória, e me esforço muito pra isso. Fica aqui a indicação de uma história de sucesso. Muito mais que a mulher de um presidente, estamos falando de alguém que teve um carreira de destaque, como eu mesmo nunca tive!

Ah, de quebra, você acaba conhecendo muito mais sobre o próprio Barack Obama e como sua esposa teve um papel fundamental para que ele chegasse onde chegou.

(Clique aqui e veja o livro na Amazon)



Como sempre admirei um pouco o trabalho e história do ex-presidente americano, esse foi um livro que adquiri assim que foi lançado, mas, ainda não o li.

Estamos nos dividindo na leitura aqui em casa e, no momento em que escrevo este artigo, quem está com o livro é a Nathara.

Acredito que em abril eu já esteja lendo o livro, pois ela já está acabando. Assim que eu terminar, atualizo este texto com a minha percepção - deve levar um pouco mais de tempo, já que ele possui surpreendentes 764 páginas!

Seja como for, o que fato é que dificilmente não vou recomendar esta leitura, pois realmente acredito que podemos aprender alguma coisa com o Barack ou, no mínimo, ter histórias interessantes sobre seu período na presidência.

(Clique aqui e veja o livro na Amazon)



Se você não o conhece, Michael Moore é um documentarista e diretor americano, mais conhecido pelos documentários Tiros em Columbine (que ganhou um Oscar) e Fahrenheit 11 de setembro, e também por ser um ativista político dotado de posições críticas e contestadoras.

Sua autobiografia é composta por 24 capítulos, cada um sendo uma crônica, em que ele narra histórias que não poderiam ser mais a sua cara: situações em que ele se coloca contra o status quo, contra aquilo que lhe foi ensinado, contra o que é seguido por todos, sem questionamentos.

Ele é uma pessoa que questiona basicamente tudo, e não é qualquer resposta que o satisfaz!

Sendo alguém muito perseguido por suas posições políticas e quase sempre em tom inquisidor com quem está no poder, é interessante enxergar a visão que ele tem de mundo desde muito novo.

É uma leitura leve, interessante e cômica. Você consegue aprender algo enquanto se diverte!

Ah, se tiver um tempinho, seus documentários são bem interessantes! Vale assistir!

(Clique aqui e veja o livro na Amazon)

Aproveitando, mensalmente eu envio uma Newsletter com os melhores textos e posts que encontrei, dicas práticas e sugestões de livros ou aplicativos, e eu gostaria de dividir com você!

Se tiver interesse, é só se inscrever com seu e-mail!

Texto: Vinícius Marchetti

5 Biografias que você deveria ler - 22

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail