capa do post

Viajar não é coisa de rico... mas também não é para qualquer um

Viagem | 3 | 06/10/2021

Postei este texto originalmente no Instagram.

Eu já havia falado antes sobre viajar não ser coisa de rico. E ainda acredito que não seja. Mas acho que devo dizer que “atualizei” este pensamento.

Ou melhor, eu estou ajustando minhas palavras. E vou dizer o porquê.

Eu conheço muita gente com menos dinheiro que eu, com condições mais simples do que as minhas, e que viajam mais. Que conhecem muito mais desse mundo do que eu.

E tenho certeza que boa parte disso são escolhas de vida - a pessoa abre mão de algumas coisas para poder conquistar outras. Neste caso, abre mão de gastos com roupas, celular, barzinho e balada, para conseguir poupar e viajar, fazer um intercâmbio, tirar um sabático e por aí vai.

Mas, e aqueles que não conseguem poupar? E aqueles que precisam tomar decisões tão sérias quanto escolher entre o que comer no almoço e pagar alguma conta? Essas pessoas também têm sonhos e desejos.

Pode ser que a mesma pessoa que mal consegue pagar suas contas, sonhe em viajar. E aí, como ela faz?

Viajar não é coisa de rico... mas também não é para qualquer um - 2

Bom, quando eu revi este post, eu falei como viajar não é coisa de rico, mas um privilégio. E é um privilégio para poucos no Brasil.

O Brasil é um país em que muitos não sabem se terão uma refeição na mesa todos os dias, de pessoas que trabalham para sobreviver e nem podem se dar ao luxo de pensar em “viver” - por mais absurda que essa frase possa parecer.

A nossa realidade é de muita gente vivendo apenas com o básico. E por isso digo que a chance de poder juntar uma grana pensando em viajar já é um grande privilégio, uma oportunidade para poucas pessoas.

E foi pensando em ajudar neste sentido que trouxe algumas dicas para quem precisa poupar para viajar, ou quer ideias para baratear as viagens.

Espero que ajude!

Planejar com Antecedência

Apesar de soar repetitivo, planejar com antecedência, o máximo que você puder, vai te ajudar a gastar menos nas viagens. Você encontra mais opções de estadia e as passagens são mais baratas.

Além de encontrar preços mais baixos, você tem a chance de poupar e investir para a viagem, reservando dinheiro e criando condições de viajar sem se endividar.

Para quem não pode parcelar dívidas no cartão de crédito, essa é uma excelente solução para ter grana para as viagens.

Muito melhor que gastar no susto é gastar o planejado.

Gastos Desnecessários

Tem gente que, mesmo sem muito dinheiro, pede muito delivery ou come muito fora de casa, o que invariavelmente te faz gastar mais.

Afinal, é mais barato (às vezes, bem mais barato) comprar no mercado e preparar sua comida, do que comer em padarias, restaurantes e bares.

Outra coisa que consome nossa grana rápido é sair para bares e festas. De novo, é bem mais barato comprar suas cerveja no mercado e tomar em casa do que no bar.

Sugestão? Reduza o delivery, faça suas refeições e beba mais em casa.

Redução de Custos na Viagem

Durante suas viagens, aproximadamente 50% dos gastos envolvem estadia e alimentação. E essas duas coisas você precisa todos os dias.

A ideia para reduzir gastos é optar por se hospedar em lugares mais baratos. Hotéis são mais caros que pousadas, que costumam ser mais caras que hostels, que são mais caros que praticar couchsurfing.

Claro que tem exceções, mas a ideia é que você tente explorar outras opções de estadia nas viagens.

Outra coisa que sai cara é comer em bares e restaurantes turísticos.

Nos seus destinos, procure lugares menos badalados, com menos turistas, onde os locais costumam comer. Com certeza vai sair mais em conta. Outra ideia é tentar comprar suas refeições em supermercados, que também ajuda a economizar bastante.

Consumismo

Eu conheço muita gente que comprava tênis todo mês, estava sempre com roupa nova ou de grife, além de estar sempre com o celular da última geração. E não tem nada de errado com isso.

O negócio é que, quando você não tem muita grana e investe tudo que tem em itens da moda, não sobra muita para viajar.

Então, abra mão de pequenos gastos que você faz com frequência, ou até de grandes gastos, mas de coisas que você não precisa realmente, e poupe para viajar.

Não precisa de algo? Não compre.

Poupe e Invista - Tenha Educação Financeira

Um dado conhecido no Brasil é que boa parte da população não investe, mas deixa as economias na poupança. E isso é péssimo.

Atualmente, o rendimento da poupança não chega a ser o mesmo que seu dinheiro desvaloriza com a inflação, ou seja: você deixar dinheiro na poupança é como se vocês estivesse perdendo dinheiro.

Então, um passo importante para conquistar o sonho de viajar (ou qualquer outro sonho, na real) é você investir em você mesmo, em conhecimento, e aprender a lidar melhor com seu dinheiro.

Procure investimentos de baixo risco e com liquidez, pois ao longo do tempo, o pouco dinheiro poupado e investido vai te ajudar a bancar a viagem dos sonhos.

Guardar dinheiro é bom, mas investir é inteligente.

Acho que estes são pontos principais para quem tem dificuldades financeiras para viajar.

O que temos que aprender é que, para muitas coisas na vida, teremos que abrir mão de alguns gastos para realizar algum desejo.

Também temos que aprender a viajar mais barato, mesmo que isso signifique menos conforto ou comodidade.

Mais importante ainda é o planejamento financeiro para uma viagem, que envolve tempo, organização controle das suas finanças.

E por último (e isso não vale só para viagens), precisamos aprender a lidar melhor com as nossas finanças. Não importa se no fim do mês sobra R$ 20 ou R$2.000 da nossa renda, se não soubermos poupar e investir, não vai fazer muita diferença.

Texto: Vinícius Marchetti

Viajar não é coisa de rico... mas também não é para qualquer um - 10

Aproveitando, mensalmente eu envio uma Newsletter com os melhores textos e posts que encontrei, dicas práticas e sugestões de livros ou aplicativos, e eu gostaria de dividir com você!

Se tiver interesse, é só se inscrever com seu e-mail!

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail