capa do post

Viagem de carro pela Costa Rica: de La Fortuna até Uvita

Viagem | 4 | 4 | 26/05/2021

Neste post vou contar como foi o maior trecho da nossa viagem de carro de pela Costa Rica, especificamente entre Bijagua de Upala e Uvita, e também falar sobre estes dois lugares.

Como já contei em outro post, nosso trajeto pelo país não foi o melhor, pois pegamos mais estrada que o necessário - seria melhor ter Uvita como último destino antes de voltar à San Jose, indo para cidade após conhecer Tamarindo.

Mas, por conta da disponibilidade do hotel em que gostaríamos de nos hospedar em Uvita, optamos pelo trajeto San Jose > La Fortuna > Bijagua > Uvita > Tamarindo > San Jose.

Mesmo dando umas voltas a mais pelo país, foi bem legal a experiência de dirigir pela Costa Rica, pois as estradas estavam em boas condições, eram bem tranquilas e tinha bastante paisagem bonita pelo caminho!

Saímos de La Fortuna em um dia pela manhã para visitarmos o Rio Celeste, no Parque Nacional Vulcão Tenório, e que fica não muito longe da cidade. Nossa ideia foi de nos hospedarmos mais perto do parque para termos onde dormir naquele dia, já que pegaríamos estrada no dia seguinte e seria uma viagem mais longa até Uvita.

Nathara com um cacau durante o tour pela fazenda, em Bijagua | Foto: Pelo Mundo a Dois

Como foi a estadia em Bijagua de Upala

Sinceramente, apenas passamos por Bijagua, mas não conhecemos nada dentro da cidade. Ao chegarmos lá, pegamos uma estrada de terra até nossa pousada, que era uma “finca”: a pousada era em uma fazenda.

A Finca Amistad Cacao Lodge foi nossa escolha de hospedagem. O lugar era uma fazenda de cacau e bem mais simples do que os hotéis e pousadas que costumamos ficar, mas confessamos que foi uma experiência muito boa!

Apesar da simplicidade do lugar, tudo era muito bem cuidado. Quando digo simples, significa que os quartos tinham apenas o básico - era tudo de madeira quase sem acabamento, com quase nenhum móvel nos quartos. A cama era grande e confortável, havia um mosquiteiro e o banheiro era muito bom e espaçoso! Tudo limpo!

Quando chegamos lá, fomos recebidos com um leite gelado batido com chocolate fabricado na própria fazenda, e as pessoas eram muito simpáticas e atenciosas!

Além da experiência diferente da estadia em uma fazenda de cacau na Costa Rica, a comida era ótima (também já contei que as melhores refeições que tivemos no país foram aqui) e valeu muito a experiência! Pra quem não se importa com uma estadia mais simples, vale a pena!

De quebra, no dia seguinte, ainda pela manhã, deu tempo de fazermos o tour do cacau da fazenda antes de cairmos na estrada novamente! E ainda deu pra avistar um dos três bichos-preguiça que viviam lá!

Na piscina do Oxygen Jungle Villas, Uvita | Fotos: Pelo Mundo a Dois

Uvita e o Parque Nacional Marino Ballena

Após o café da manhã e o tour do cacau, pegamos a estrada a caminho de Uvita. A viagem demoraria entre 4 e 5 horas.

Apesar de bem sinalizadas e em bom estado de conservação, as estradas da Costa Rica eram, em sua maioria, de pista simples e com limite de velocidade relativamente baixo - em torno de 80 km/h.

Por isso, em alguns trechos fica difícil ultrapassar e quando havia maior movimento na estrada ou quando passávamos por dentro de alguma cidade, a velocidade média da viagem diminuía. Mas não tivemos nenhum problema para dirigir por lá - aliás, para retirar o carro e apresentar documentos para a polícia do país, usamos apenas a habilitação internacional (PID).

Uvita já é um lugar mais movimentado e com mais estrutura que Bijagua, com bastante hotel e hostel espalhados na região.

É lá que fica o hotel Oxygen Jungle Villas (veja o site deles aqui), onde nos hospedamos por 2 noites. Essa foi uma experiência fenomenal!

Viagem de carro pela Costa Rica: de La Fortuna até Uvita - 9

Cola de la ballena, no Parque Marino Ballena - Punta Uvita | Foto: Google Imagens

O hotel é um espetáculo: fica quase no topo de uma montanha, de frente para a praia de Uvita, com uma piscina de borda infinita que tem uma vista impressionante para o mar e para a toda a região! Os quartos são como cubos de vidro, com bastante verde em volta, o que dá aquela impressão de você estar hospedado na mata fechada!

Foi a nossa “ostentação” na viagem, já que é uma estadia bem mais cara perto do que costumamos gastar nas viagens. Mas valeu cada centavo investido! Nesses 2 dias ficamos aproveitando o hotel, a piscina e os vários drinks e cervejas disponíveis!

Ah, como o hotel fica em um trecho de conservação ambiental, eles quase não retiraram vegetação para a construção e dentro do próprio hotel tem uma mini trilha pra se fazer e duas pequenas cachoeiras!

Mas dá pra visitar Uvita sem medo de ter que gastar muito dinheiro! Por lá tinha várias opções de hotéis, pousadas e hostels. Vimos vários deles próximos de onde ficamos e até mais perto da praia!

Assim como é normal em todo o país, por lá também tem uma área de conservação ambiental, que é o Parque Nacional Marino Ballena, conhecido por ser uma região em que surgem baleias jubarte em algumas épocas do ano.

Este parque é onde fica Punta Uvita, uma praia famosa por ter um formato da cauda de baleia, melhor de ser vista na maré baixa: a Cola de la Ballena. Para conhecer esse trecho da praia, a melhor entrada do parque é pela Playa Uvita. Dá pra colocar no Waze ou se guiar pelas placas, super fácil de chegar!

Essa praia é imensa, praticamente deserta (como a maioria das praias da Costa Rica), de areia mais escura e água quentinha! Parece um piscinão, pois quase não tem onda!

Pouco antes de chegar nas areias da praia, você passa por um riacho que deságua ali no mar e que tem placas avisando da existência de crocodilos - isso é muito a cara da Costa Rica!

Vale a pena ir para conhecer, tirar umas fotos e, se tiver tempo, aproveitar o por do sol! A entrada no parque custou mais ou menos US$ 6/pessoa.

Viagem de carro pela Costa Rica: de La Fortuna até Uvita - 13

No Parque Marino Ballena, pouco antes da Playa Uvita | foto: Pelo Mundo a Dois

Viagem de carro pela Costa Rica: de La Fortuna até Uvita - 15

Aproveitando, mensalmente eu envio uma Newsletter com os melhores textos e posts que encontrei, dicas práticas e sugestões de livros ou aplicativos, e eu gostaria de dividir com você!

Se tiver interesse, é só se inscrever com seu e-mail!

Viagem de carro pela Costa Rica: de La Fortuna até Uvita - 18

Texto: Vinícius Marchetti

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail
Jaqueline

Jaqueline

Que lugar mais incrível! Quero conhecer 🤗

Responder

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail
Vini - Pelo Mundo a Dois

Vini - Pelo Mundo a Dois

Valeu, Jaque!! Se um dia puder conhecer, vai amar a Costa Rica!

Responder

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail
Caroline

Caroline

Parabéns pela postagem, muito legal! Os lugares turísticos estão abertos normalmente durante a pandemia?

Pelo Mundo a Dois

Pelo Mundo a Dois

Caroline, é o Vini aqui! Desculpe pela demora na resposta! A Costa Rica esteve aberta para turistas durante a pandemia, mas não sei como está no momento. Acredito que a melhor maneira de ter essas informações atualizadas seja no site do Ministério de Relações Exteriores (gov.br/mre/pt-br/assuntos/portal-consular) ou no site da imigração do país... todo dia tem coisa nova, coisa mudando, e fica bem chazinho de acompanhar!

Responder

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail