capa do post

Roteiro pela Albânia: o que fazer na sua viagem

Viagem | 27/08/2023

A Albânia é um país pouco explorado e conhecido dos brasileiros (ouso dizer que a maioria que ouviu falar do país, ouviu no filme Busca Implacável com o ator Liam Neeson) e mesmo pelos europeus, é um lugar bem menos visitado que sua vizinha famosa Grécia.

No entanto, a Albânia faz fronteira com a Grécia e divide o mesmo mar com a costa grega e italiana (mares Adriático e Jônico), e isso quer dizer muita coisa: significa que as praias albanesas são lindas e incríveis como as dos países vizinhos, mas muito mais barata!

Um drink nas ilhas gregas durante o verão europeu pode chegar a bizarros € 22 (isso mesmo, uns R$ 110!!!!), enquanto no auge do verão na Europa, na Albânia os drinks mais caros que encontramos foram em beach clubs badalados, com valores oscilando entre € 5 e € 8, o que é uma baita diferença!

Mas afinal, o que fazer na Albânia e como montar um roteiro pelo país?

É isso que vamos ver neste post! Vou contar como foi nosso roteiro de 6 dias pelo país e como organizar sua viagem pela Albânia!

Roteiro pela Albânia: o que fazer na sua viagem - 2

Nathara no Castelo de Gjirokastër | Foto: Pelo Mundo a Dois

 Um pouco mais sobre a Albânia

Antes de saber o que fazer na Albânia, vamos ver um pouco mais sobre esse país pouco conhecido de nós, brasileiros!

A Albânia fica ali pertinho da Itália, mas do lado oposto do mar, na Península dos Bálcãs, e faz fronteira com a Grécia (ao sul), Montenegro (ao norte) e Kosovo e Macedônia do Norte (nordeste).

No interior do país o relevo e clima são montanhosos, e por isso mesmo muitas cidades são construídas em morros (duas cidades que visitamos são assim).

A maioria da população do país é de religião islâmica e quase um terço cristã, e é comum ver mesquitas pelas cidades e igrejas históricas.

Para chegar na Albânia do Brasil não existem voos diretos (quem é nosso aluno no Sem Escalas sabe disso!) e a forma mais prática e barata de chegar no país é chegando na Europa, em países que se conectem bem com a Albânia (ou que você possa agregar no roteiro de forma inteligente) e chegar lá com voos internos.

Você pode visitar o país em qualquer época do ano com passagens entre R$ 3300 e R$ 4000, com todos os voos incluídos!



Para saber mais como chegar barato na Albânia e em qualquer lugar do mundo, você tem duas ótimas opções:

Sem Escalasnosso curso completo que ensina tudo sobre viagem, dividido em 3 Módulos: Pesquisa de Passagens Baratas, Acúmulo de Milhas e Planejamento de Viagem, e conta com vários bônus, como Módulo de Bagagem, de Planejamento Financeiro e Investimentos, Passagens e Montagem de Roteiros e até de cartões black!

Busca Implacável
nosso mini treinamento de pesquisa de Passagens Baratas, um aula de 1 hora + material de apoio para ensinar o básico que você precisa para pesquisar passagens baratas e encaixar voos para suas viagens!


O que fazer na Albânia

Sua viagem na Albânia pode levar o tempo que desejar, mas achamos que você deve dedicar pelo menos 4 dias no país, e visita-lo durante o verão, para aproveitar as praias.

Como no verão europeu os preços em vários países sobem muito (em especial Grécia, Malta, Itália e Croácia), a Albânia é uma alternativa para curtir o calor no velho continente sem gastar tanto.

Na Albânia você pode mesclar no seu roteiro cidades de interior e clima montanhoso, como Gjirokastër e Berat, a própria capital Tirana, e adicionar as cidades litorâneas, como a mais conhecida Sarandë (se pronuncia Saranda) e praias ao redor, que formam a Riviera Albanesa.

Foi isso que fizemos: com exceção da capital Tirana, conseguimos encaixar as pequenas Gjirokastër e Berat com Sarandë, Ksamil, Dhermi e Himarë na mesma viagem, explorando o país de carro!

Nosso roteiro pela Albânia

Chegamos no país vindos da Puglia, na Itália, num voo de 35 minutos entre Bari e Tirana, e desembarcamos na cidade por volta das 19h, retiramos o carro que alugamos no próprio aeroporto (todas as locadoras, e são muitas, ficam logo na saída do aeroporto de Tirana) e dormimos na capital albanesa, em um hotel que ficava a menos de 5 minutos a pé do aeroporto.


Gjirokastër - 1 dia

No dia seguinte, pegamos a estrada e fomos para Gjirokastër, em uma viagem de aproximadamente 3 horas de carro.

As estradas da Albânia são boas (ao contrário do que muitos informaram), mas a maior parte delas é de pista simples, o que muitas vezes atrapalha (passamos por alguns trechos com caminhões segurando o trânsito e não tinha como fazer a ultrapassagem).

Chegando em Gjirokastër, o ideal é se hospedar no alto da cidade histórica, pois é onde todos os atrativos estão e você não precisará fazer nada de carro, tudo a pé, mesmo!

Como referência, nos hospedamos no excelente Hotel Kalemi 2, e qualquer hotel nessa região vai ser uma boa localização.

Ficamos um dia em Gjirokastër e na tarde do dia seguinte, pegamos a estrada rumo ao litoral, onde nos hospedaríamos. Mas como era caminho, passamos por uma das principais atrações do país: Syri i Kaltër, ou Blue Eye, uma nascente de águas cristalinas que fica numa reserva protegida!

Roteiro pela Albânia: o que fazer na sua viagem - 7

Blue Eye, na Albânia | Foto: Pelo Mundo a Dois

Blue Eye - caminho entre Gjirokastër e Sarandë

O lugar tem uma boa estrutura e conta com estacionamento, restaurante e banheiros, e a trilha para chegar na nascente é quase toda pavimentada!

A entrada no parque custou € 0,50 por pessoa (uns R$ 3) e o estacionamento 100 LEKs (moeda albanesa), que dá mais ou menos € 1, ou R$ 5,50 por 3 horas no parque.

O lugar é incrível de lindo, as águas do Blue Eye são cristalinas e você pode até entrar na água, se quiser (apesar de várias placas no lugar informarem que não era permitido, mesmo perto do pessoal do parque as pessoas entravam e não havia problema).

Mas a água é incrivelmente gelada e só alguns arriscam mergulhar (a gente não conseguiu), pois a água ali tem uma temperatura em torno dos 10ºC durante o ano todo.



Sarandë - 2 dias

Ficamos em Saranda (ou Sarandë) por 2 noites, já que a cidade é a que tem mais estrutura da região e facilitava o deslocamento entre as praias mais ao sul, como Ksamil, e tinha mais opções de estadia!

Além das praias da região, Saranda também tem as próprias praias (e vários Beach Clubs) e uma vida noturna agitada! Tem um calçadão imenso na cidade, lotado de lojinhas, baladas, restaurantes, bares e muito mais!

Nós achamos excelente a hospedagem por lá (localização perfeita, no começo do calçadão) e facilitou nosso deslocamento para Ksamil, onde passamos uma manhã, e para as praias conhecidas da região, como Shpella e Pellumbave (a praia da escadinha) e Pasqyrave (Mirror Beach, que fica logo ao lado da praia da escadinha e que você pode chegar de carro ou cruzando pelo mar)!

Para servir de referência de onde se hospedar em Sarandë, nos hospedamos no Hotel Ramo Saranda.

Roteiro pela Albânia: o que fazer na sua viagem - 10

Praia Shpella e Pellumbave vista do alto | Foto: Pelo Mundo a Dois

Dhermi - 2 dias

Nos hospedamos em Dhermi por uma noite, porque queríamos aproveitar melhor uma praia diferente e uma cidadezinha diferente de Sarandë.

Dhermi tem vários hotéis à beira-mar, com uma calçadão e bastante coisa para fazer durante a noite, incluindo beach clubs! Por isso, escolhemos nos hospedar em um hotel quase “pé na areia”, para ter um dia mais relax e pegar a praia do hotel.

Nossa hospedagem ali em Dhermi foi o Hotel Patio Mare e a localização era ótima, pois era bem no início do calçadão da praia!

Outro motivo pelo qual escolhemos nos hospedar em Dhermi é porque faríamos um passeio de barco pela região de Himarë e Dhermi era bem mais próximo do que Saranda.

Ah, o passeio de barco que fizemos para visitar praias e grutas da região foi o passeio Grama Bay, com a empresa Himara Seas The Day, e reservamos falando com eles pelo Instagram e Whatsapp.


Berat - 1 dia

Berat é uma cidade histórica de mais de 2.400 anos, já foi habitada por otomanos e tem muita influência das construções e gastronomia grega e otomana!

É conhecida como “a cidade das mil janelas” por causa da arquitetura da cidade antiga, cheia de janelas e que sobe pelas montanha que são cortadas em duas partes pelo rio Osum; essas duas partes são os bairros Mangalem e Gorica, e Mangalem é Patrimônio Mundial da Unesco!

A cidade é super legal para conhecer andando e explorar seus cantinhos com cafés, bares e restaurantes, além do Castelo de Berat, de onde se vê toda a cidade do alto!

Aliás, o Castelo de Berat como um bairro: as pessoas vivem por lá, tem hotéis, lojas e restaurantes! Muito legal e a vista é linda!

A cidade também é “dona” de um prato típico que é uma delícia, o Biftek Vjenez, uma espécie de cordon-blue de vitela, mas recheado apenas com queijo e nozes! Um espetáculo! Nós adoramos!

De Berat nós pegamos a estrada e voltamos para Tirana pegar nosso voo e seguir viagem para a Itália!

Roteiro pela Albânia: o que fazer na sua viagem - 13

Nathara em uma das pontes em Berat, com o bairro Mangalem ao fundo | Foto: Pelo Mundo a Dois

Seguro Viagem para a Albânia

Como qualquer destino internacional, é muito importante você ter seguro viagem para visitar a Albânia!

Achamos especialmente importante ter seguro viagem em países muito distantes ou com idiomas muito diferentes do nosso, porque qualquer coisa pode acabar virando uma dor de cabeça adicional pata resolver, e a Albânia se encaixa neste exemplo!

Em uma viagem internacional é fácil você gastar pelo menos R$ 5.000 por pessoa, incluindo voos e demais gastos… você acha que vale a pena economizar R$ 100, R$ 200 no Seguro Viagem?

Parece besteira poupar dinheiro com isso, já que é tão pouco perto dos demais gastos da viagem, né?

Então, se você quer pesquisar e fechar um bom seguro viagem, conseguir um desconto, ter um bom atendimento via Whatsapp e ainda ajudar o blog, clica aqui e use o Seguros Promo, assim como nós usamos, e pesquisa seu seguro!


E é isso, galera! Se quiser saber mais alguma coisa sobre a Albânia, é só deixar nos comentários!


Texto: Vinícius Marchetti

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail