capa do post

O que fazer na Costa Rica: roteiro de 9 dias

Viagem | 24/05/2021

Neste post vou falar sobre como foi o nosso roteiro na viagem à Costa Rica, passando pelas cidades e passeios que fizemos.

A ideia é te ajudar com uma sugestão de lugares para conhecer e facilitar sua organização do trajeto da viagem!

Vamos lá?


Resumo de roteiro de 9 dias pela Costa Rica

Ficamos no país de 19 a 28/04/2019, bem no finalzinho da alta temporada, que é a época seca. Alugamos um carro pra facilitar nossa viagem e dirigimos pelo país.

Esse é o resumo do nosso roteiro:

• San Jose –> La Fortuna: pegamos um carro na chegada no aeroporto e dirigimos para La Fortuna no mesmo dia. Ficamos 3 noites por lá;

• La Fortuna –> Bijagua: nos hospedamos em Bijagua por ser uma cidade próxima ao Rio Celeste, que visitamos saindo de La Fortuna. Ficamos apenas 1 noite em Bijagua;

• Bijagua –> Uvita: na região mais ao sul do país, perto de Quepos. Ficamos 2 noites em Uvita;

• Uvita –> Tamarindo: já na região de praias mais famosa do país, Tamarindo, ficamos 3 noites.

• Tamarindo –> San Jose: voltamos para a capital, onde devolvemos o carro e pegamos o voo de volta para SP.

O que fizemos na Costa Rica

Como tínhamos apenas 9 dias na Costa Rica e algumas coisas nós gostaríamos MUITO de fazer, decidimos tentar ver um pouco de cada grande atrativo do país - vulcões, praias, florestas, águas de cores turquesa, suas piscinas de águas termais e conhecer algumas das pequenas cidades.

Por isso resolvemos não ficar na capital San Jose. Nós optamos por visitar apenas um vulcão (apesar de termos visitado dois parques que levam o nome de um vulcão, conhecemos mais de perto apenas um deles), uma cidade de praia mais agitada e um lugar mais próximo à natureza e suas atrações.

E a viagem de carro pelo país ajudou nessa estratégia, já que vimos muita coisa diferente, como vilarejos, cidades e a fauna e flora ao longo das estradas!

Para ficar mais fácil de entender o roteiro que fizemos, dividi a viagem em 4 paradas, que foram as cidades em que nos hospedamos: La Fortuna, Bijagua, Uvita e Tamarindo.

O que fazer na Costa Rica: roteiro de 9 dias - 3

Parque Nacional Vulcão Arenal, em La Fortuna, com o próprio Arenal ao fundo

La Fortuna

O vulcão que escolhemos conhecer foi o Arenal. Para isso, nos hospedamos na cidadezinha de La Fortuna.

Apesar de ser uma cidade pequena, La Fortuna é legal e aconchegante, com jeitão de interior mas com bastante opção de lazer para os muitos turistas.

E é um bom lugar para ser usado como base para conhecer o Arenal, já que o Parque Nacional onde ele está localizado fica a apenas alguns minutos de carro do centrinho da cidade.

Ela é praticamente parada obrigatória para os turistas, pois além do fato de ter um dos vulcões mais famosos do país nas proximidades, possui muitos spas de águas termais em sua região, passeios para ver bichos-preguiça e pássaros, trilhas variadas e onde fica um famoso parque com pontes suspensas sobre a copa das árvores.


Bijagua de Upala

O Rio Celeste, no Parque Nacional do Vulcão Tenório, pode ser visitado em um bate e volta de La Fortuna, ou por quem se hospeda na região. Nós escolhemos nos hospedar na cidade de Bijagua, que fica um pouco mais próxima ao parque do que La Fortuna.

No último dia em La Fortuna, nós saímos da cidade bem cedo, pegamos a estrada até o parque e chegamos lá ainda pela manhã.

Fizemos as trilhas para ver o Rio Celeste, os teñideros (onde há a junção das águas de dois afluentes que, com a combinação química, torna as águas naquele tom de azul celestial) e a cachoeira do parque. O Vulcão Tenório vimos apenas de longe.

No meio da tarde já estávamos a caminho de Bijagua, onde passamos apenas uma noite.

O que fazer na Costa Rica: roteiro de 9 dias - 7

Foto durante o passeio pela fazendo da cacau, na pousada em que ficamos em Bijagua

Vale a pena mencionar Bijagua não pela cidade em si, que é muito pequena e não tem nada a ver com La Fortuna, mas por onde nos hospedamos!

Essa acabou sendo uma experiência riquíssima e totalmente nova: a pousada em que ficamos era em uma fazenda de cacau!

A pousada era muito agradável, com funcionários simpáticos demais! Apesar de ser uma estadia super simples e bem rústica, foi uma ótima escolha de pousada e tinha a melhor comida que provamos na Costa Rica! A melhor, mesmo!

Além da comida excelente, tomamos milkshakes preparados com chocolate do própria lugar, fizemos um tour do cacau pela fazenda e avistamos um bicho-preguiça, um dos três que viviam na fazenda!


Uvita

Nossa escolha relax / ostentação da viagem foi em Uvita, numa região de praia muito linda e que foi até mesmo indicada por alguns costa-riquenhos como um destino que deveríamos conhecer.

E, pra isso, nada melhor do que um hotel que parece um sonho, com pouquíssimos hóspedes, em quartos como bangalôs todos de vidro em meio a mata praticamente intocada, quase no topo de uma montanha!

Nosso hotel foi o Oxygen Jungle Villas (veja o site deles aqui).

Em Uvita fica o Parque Nacional Marino Ballena. Neste parque tem uma praia famosa por ter um formato da cauda de baleia na maré baixa: a Cola de la Ballena.

Foto na piscina do hotel em Uvita, com a praia de Punta Uvita ao fundo

Tamarindo

Após Uvita, optamos por um dos points favoritos dos gringos no país: Tamarindo!

Além de ser a nossa parada para realmente curtir uma praia (em Uvita, nosso foco era mais conhecer a região e aproveitar o hotel em si), Tamarindo é conhecida como uma das cidades mais ‘badaladas’ da Costa Rica, que permite a visita a outras praias próximas muito mais lindas e vazias que a própria praia da cidade.

Junto com os restaurantes, bares e agito do lugar, ainda é possível aproveitar pra tomar uma cerveja regional vendo o pôr do sol na praia. E que pôr do sol!

Um dos mais bonitos que vimos, é um espetáculo famoso e que atrai muitos turistas! Imperdível!

Dali, pegamos a estrada para San Jose para voltarmos pra casa.

Vale lembrar que o nosso roteiro não foi o ideal, do ponto de vista de trajeto (ou logística): seria melhor termos ido para Tamarindo logo após sairmos de Bijagua, pois além de mais perto do que Uvita, faríamos uma rota “circular” pelo país: San Jose > La Fortuna > Bijagua > Tamarindo > Uvita > San Jose.

Mas nós queríamos nos hospedar no Oxygen, em Uvita, e quase não havia datas disponíveis durante a viagem.

Por isso, adequamos o roteiro à esta estadia e, justamente por isso, tivemos que dar uma volta um pouco maior indo para Uvita antes de Tamarindo.

Aproveitando, mensalmente eu envio uma Newsletter com os melhores textos e posts que encontrei, dicas práticas e sugestões de livros ou aplicativos, e eu gostaria de dividir com você!

Se tiver interesse, é só se inscrever com seu e-mail!

O que fazer na Costa Rica: roteiro de 9 dias - 15

Texto: Vinícius Marchetti

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail