capa do post

O que fazer em Buenos Aires: ideias para o seu roteiro

Viagem | 26/07/2021

Se você quer saber o que tem para fazer na cidade de Buenos Aires, este post está completinho para você!

Eu curto bastante listar tudo que tem de legal no destino que vou conhecer e, a partir daí, decidir o que vou fazer, o que vai ficar no meu roteiro e o que vai sair. É a melhor maneira que encontrei de tentar saber tudo que tem no destino e organizar o que vou fazer.

Por isso, minha ideia com este post é listar muita coisa que tem para fazer em Buenos Aires - com certeza não é tudo que a cidade tem a oferecer, mas é um belo de um ponto de partida para se planejar!

Fiz uma organização dos lugares da cidade, mas pode ser que não tenha muita lógica para você. De qualquer maneira, não deixe de dar uma olhada em todos eles e ver o que te brilha os olhos e te deixa com vontade de visitar na sua viagem!

Parques, Praças e Jardins para conhecer em Buenos Aires

A cidade tem bastante espaço verde, muitas praças, parques e jardins para você conhecer.

Como muita gente não gosta desse tipo de passeio, minha sugestão é que você escolha uma praça ou jardim que esteja bem próximo à outro lugar que pretende visitar, para conhecer o local em conjunto. É um jeito de não perder tempo só para visitar uma praça que você talvez nem queira conhecer, mas também evita descartar o lugar sem nem tentar vê-lo.

Um exemplo para você: ao lado da Floralis Genérica, que é um lugar que provavelmente estará no seu roteiro, fica a Faculdade de Direito de Buenos Aires e a Plaza República Federal do Brasil. Já que você está ali, ande alguns metros e veja se o lugar é bacana ou não.

 

Paseo El Rosedal: localizado no bairro de Palermo, o Rosedal é basicamente um imenso jardim com muitas rosas e é muito bonito! Além dos canteiros bem cuidados e dar uma impressão de extrema organização e beleza, o lugar conta com um lago. A entrada é grátis.

Jardim Japonês: a alguns minutos de caminhada do Rosedal fica o Jardim Japonês, também em Palermo. É um lugar cheio de referências orientais e também bem bonito. A entrada custa em torno de $290 ARS (pesos argentinos).

Jardim Botânico (Carlos Thays): o lugar é imenso, bem bonito e relaxante. Demos uma boa caminhada por lá e fizemos algumas fotos! A entrada é grátis e fica no bairro de Palermo.

Plaza Dorrego: a praça é minúscula, mas ela está nessa lista mais pelo fato de ser o ponto de partida para conhecer a Feira de San Telmo do que pela praça em si. De qualquer maneira, ali perto da praça tinha vários lugares para comer e beber, tornando-a mais atrativa.

Plaza de Mayo: a imensa praça que fica em frente à Casa Rosada é um ponto turístico famoso e fica perto de vários outros locais conhecidos no centro da cidade, como a Catedral Metropolitana, o Cabildo e o Café Tortoni.

Plaza Francia: localizada na Recoleta, a praça fica perto do Museu Nacional de Belas Artes e da Floralis Genérica, já no bairro da Recoleta. Costumava ter uma feira aos finais de semana e tinha muita coisa legal ali, desde comes e bebes até bugigangas e souvenires.

Cemitério da Recoleta: acredite ou não, o cemitério do bairro Recoleta é bem famoso entre turistas, pois possui jardins e construções elaboradas e bem cuidadas, além de ser o lugar onde Evita Perón e outras personalidades do país terem sido enterradas.

Plaza Serrano (Plazoleta Julio Cortázar): essa é a praça tratada como um marco, ou ponto de referência, em Palermo Soho. Se for ao bairro, não deixe de dar uma passada pela praça!

Plaza República Federal de Brasil: como falei no exemplo lá em cima, a praça fica ao lado da Faculdade de Direito. O que achei legal nela é que lá tem uma árvore bem grande no meio da praça, em uma espécie de construção circular elevada! É um negócio diferente! 

O que fazer em Buenos Aires: ideias para o seu roteiro - 3

Foto no Jardim Japonês, em Palermo | Pelo Mundo a Dois

Museus, Igrejas e Teatros em Buenos Aires

Assim como as praças e jardins, em Buenos Aires tem muitas opções de museus, igrejas ou construções históricas para serem visitadas.

Acho que vale dizer que, na minha opinião, as melhores opções são a Livraria El Ateneo, que é linda, e a Basílica Maria Auxiliadora, que é muito bonita por dentro! Mas, vamos lá:

 

MALBA - Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires: fica próximo ao Jardim Japonês, no bairro de Palermo.

Museu Nacional Bellas Artes: um pouco adiante, já no bairro da Recoleta, fica o Bellas Artes, do outro lado da avenida onde está a Floralis Genérica.

Livraria El Ateneo: já apontada como uma das livrarias mais bonitas do mundo, El Ateneo Grand Splendid fica em um prédio que, originalmente, funcionava um teatro. Além de ser muito bonita, é um lugar bem legal para fotos diferentes e para relaxar!

Teatro Colón: essa cassa de óperas é famosa por sua arquitetura e por sua acústica, reconhecidamente uma das melhores do mundo! Fica perto da Avenida 9 de Julio!

Cabildo: o prédio foi sede da administração colonial data de 1850 e hoje conta com um museu, que oferece também visitadas guiadas ao local para conhecer mais da história do país e da. Revolução de Mayo. Fica pertinho (quase em frente) da Casa Rosada.

Catedral Metropolitana de Buenos Aires: tida como a sede da Igreja Católica na Argentina, a Catedral fica também bem perto da Casa Rosada, em frente à Praça de Mayo. É onde o Papa Francisco conduzia sua Arquidiocese, quando Arcebispo da Argentina.

Faculdade de Direito de Buenos Aires: com suas larga escadaria e construção imponente, a faculdade fica entre a Floralis Genérica e a Elza República Federal de Brasil, no bairro da Recoleta.

Basilica Maria Auxiliadora & San Carlos: essa igreja fica no bairro de Almagro, mais afastado dos demais bairros e lugares que cito neste post, mas fique tranquilo que é rápido e super fácil chegar! A igreja é bem bonita por dentro (do lado de fora ela parece muito simples), e recentemente descobri que foi a igreja onde o Papa Francisco foi batizado! Mais um motivo interessante para conhecer suas instalações!

Barco Museu Fragata Sarmiento: ao chegar em Puerto Madero, famoso bairro na cidade, você vai ver um barco atracado próximo à Puente de La Mujer (outro ponto turístico da região). Essa fragata é de 1837 e fez inúmeras viagens ao redor do mundo, sendo hoje um símbolo nacional.

O que fazer em Buenos Aires: ideias para o seu roteiro - 6

Foto da Puente de la Mujer, em Puerto Madero | Pelo Mundo a Dois

Outros pontos turísticos em Buenos Aires

Lembra que eu comentei lá no início do post que eu havia classificado o que fazer na cidade, de um jeito que fizesse um pouco de sentido? Bom, não sei se ajudou até aqui, mas chegou a hora de falar dos demais pontos turísticos da cidade que não se encaixam em nenhuma classificação anterior!

Vamos passar por elas e depois, me diz o que você achou, ok?

 

Floralis Genérica: a escultura de flor de mais de 20 metros de altura, toda de metal, fica na Recoleta. É um símbolo da cidade e bastante visitado por turistas. A flor abre e fecha e certos horários ao longo do dia!

Avenida 9 Julio: a avenida onde fica o Obeslico da cidade é conhecida como a mais larga do mundo! É nela também que fica o tão “instagramável” letreiro verde de Buenos Aires (BA).

Obelisco: fica na Avenida 9 de Julio, mais precisamente na Plaza de la República.

Letreiro Verde: não preciso nem dar muitas instruções: ao chegar no Obelisco, é impossível não ver o letreiro logo atrás (ou na frente, dependendo de onde você estiver chegando).

Calle Florida e Centro: chegando no Obelisco e caminhando em direção ao centro e à Casa Rosada, você vai acabar passando pela região da rua Florida, famosa pelo seu comércio e intensa movimentação na cidade! 

Galerías Pacífico: um lugar muito bonito, com uma construção super detalhada e interior todo decorado, o prédio das Galerias Pacífico é um centro comercial muito famoso na cidade! Mesmo se não for comprar nada, vale o passeio!

Casa Rosada: sede do Governo Nacional, é uma construção bem interessante e bonita! Tenha paciência para conseguir uma foto sem muita gente na frente!

Mafalda e Circuito Historieta: já no bairro de San Telmo, não muito longe do centro, fica a famosa estátua da Mafalda, personagem conhecida por sua inteligência e perspicácia criado pelo cartunista Quino. Por ali, muito mais que a estátua da Mafalda, você encontra outros persongens criados pelo artista, além de outras estátuas de outros artistas. O circuito pelo bairro passando pelas estátuas é conhecido como Paseo de La Historieta, que vai até o bairro de Puerto Madero!

La Bombonera: sem necessidade de grandes apresentações, o estádio do Boca Juniors é muito visitado e um passeio bem interessante! O museu do clube é muito legal e você realmente adentra no espírito do clube durante a visita! O estádio fica no bairro de La Boca.

Monumental de Nuñez: talvez não tão famoso para quem não gosta de futebol, o estádio do River Plate é um dos mais importantes do país e merece a visita! Fica no bairro de Belgrano.

Nuevo Gasometro: mais uma vez, para os amantes do futebol, esse pode ser um passeio interessante; além de ser o estádio do San Lorenzo, é o estádio do time do Papa!

Caminito: o bairro mais colorido da cidade, com seus cortiços de cores chamativas e diferentes, fica no bairro de La Boca, a uma caminhada rápida do estádio do Boca! É um lugar imperdível na cidade e achei bem agradável a região, apesar da boa quantidade de turistas por lá!

O que fazer em Buenos Aires: ideias para o seu roteiro - 9

Plaza República Federal de Brasil, na Recoleta | Pelo Mundo a Dois

Puente de la Mujer: no Puerto Madero, a ponte é um dos mais emblemáticos pontos turísticos da cidade! É uma ponte para pedestres e que se movimenta, possibilitando a passagem de embarcações pelo canal. Por ali ficam vários bares e restaurantes também!

Passeio de um dia para Colonia del Sacramento: incluí este item mais por ser uma possibilidade que muita gente gostaria de explorar, caso tenha tempo disponível, já que não é um passeio em Buenos Aires. Colonia del Sacramento é uma pequena cidade no Uruguai e que conserva muito de suas origens espanholas e portuguesas. É um ótimo lugar para passar o dia, tomar um vinho e caminhar por suas ruas, em um passeio que pode ser feito em um único dia, saindo de barco de Buenos Aires.

Mercado San Telmo: um dos lugares que mais gostei na cidade! Foi onde tive as melhores refeições e tomei ótimas cervejas, também! O ambiente é muito legal e tem muita opção de coisas para se fazer! O mercado é relativamente pequeno, mas conserva um pouco daquele mesmo ambiente de “mercadão municipal” que encontramos em cidades da América do Sul, como Santiago, São Paulo e Montevidéu. E, com essa comparação, posso dizer que foi o “mercado municipal” que mais gostei, considerando os que conheci na América do Sul!

Galeria Solar de French: esse pequeno centro comercial, bem ali ao lado do Mercado de San Telmo, é um espaço legal, mas simples, e que tem aquele monte de guarda-chuva decorando o ambiente no alto, o que fica excelente para umas fotos no Instagram, vai!

 

 

Bom gente, é isso! Espero que essa lista possa dar um norte no planejamento da sua viagem! Se quiser saber mais, descobrir algumas curiosidades e pegar o endereço, horários de funcionamento e outras informações úteis dos lugares, sugiro dar uma conferida neste site (clique aqui!)

 

E, não esquece de deixar nos comentários se quiser saber de mais alguma coisa, ou se quiser deixar uma mensagem de carinho pra gente!

O que fazer em Buenos Aires: ideias para o seu roteiro - 13

Aproveitando, mensalmente eu envio uma Newsletter com os melhores textos e posts que encontrei, dicas práticas e sugestões de livros ou aplicativos, e eu gostaria de dividir com você!

E aí, topa se inscrever com seu e-mail?

O que fazer em Buenos Aires: ideias para o seu roteiro - 16

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail