capa do post

Mantenha a distância das desculpas

Blog | 1 | 24/03/2021

Este texto foi publicado originalmente no nosso Instagram.

No dia em que escrevi este post, eu refletia sobre como sempre repito alguns pensamentos e atitudes, racionalizando algo até acreditar que está tudo bem. Pensava em como eu enrolo para fazer certas coisas e, quando percebo, me sinto culpado por não ter feito o que deveria.

Mas este texto não é sobre ser produtivo.

Eu não acredito que temos que ser super produtivos, o tempo todo ocupados em algo útil e que devemos sempre ter algo relevante para fazer, seja no trabalho ou na vida pessoal. Não, não acredito nisso e nem acho que seja possível alguém se manter assim e continuar desempenhando qualquer coisa que seja em alto nível.

Uma hora você simplesmente não aguenta; é preciso um tempo de descanso, espairecer e curtir simplesmente por curtir. Aquele negócio do ócio criativo, sabe?

Mas este texto tampouco é sobre o que a gente deveria fazer para relaxar, sobre a exaltação do tal ócio que, às vezes, é mesmo bem-vindo.

Mantenha a distância das desculpas - 2

Este texto é sobre o que eu pensava naquele dia e como eu percebia que algumas atitudes são sempre repetidas. Como eu sempre caio nestes pensamentos que acabam virando armadilhas; sobre como algumas atitudes só interrompem planos e postergam sonhos.

Vez ou outra, é normal termos momentos de preguiça ou deixarmos algo para depois. Mas é o acúmulo de pequenas coisas, dessas decisões, que minam nossas energias e vão aumentando a distância entre nós e nossos objetivos.

E, cá entre nós, nem é preciso se esforçar muito para notar que, se sempre deixamos algo para depois, aquilo nunca é prioridade. E sempre mantemos distância do que não é prioritário.

As atitudes sempre repetidas em forma de desculpas são muitas, mas três delas são bem comuns:

1. Segunda-feira eu começo

Essa é a desculpa mais comum! É o famoso “depois eu vejo” ou “vou planejar”. Sempre deixamos pra começar uma dieta ou tentar uma nova rotina, sempre na segunda.

É normal ficarmos muito no campo das ideias, mas sem pôr em prática, sem agir. Compramos um planner, anotamos na nossa agenda o dia pra começar a meta e decoramos todas as nossas anotações no caderno sobre como vamos fazer tal coisa mas, no fim, nunca fazemos, nunca começamos.

Estar ocupado não significa estar agindo. Não se iluda achando que está fazendo algo somente porque está ocupado, em movimento.

Comece pequeno - seja o que for. Só comece

2. Não sou muito bom

Pensar que você não é tão bom ou que ninguém vai gostar do que você faz é comum, mas não se deixe vencer por isso. Esse medo só acaba te impedindo de começar.

Aquela pessoa que acha que já sabe tudo, na verdade não sabe. Estamos todos aprendendo ao longo do caminho!

Se você não começar, não vai errar. Sem erros, você não aprende.

3. Não tenho tempo

Todo mundo está sem tempo, numa vida atribulada. A vida é difícil pra todo mundo, de modos diferentes, claro, mas cada pessoa vive suas batalhas.

Dizer que não tem tempo pra algo é uma desculpa que funciona apenas para a sua mente, mas tem impactos na vida real. Cabe a nós lidarmos da melhor forma e criarmos espaço na nossa agenda pra perseguir sonhos e planos.

E lembrando que, criar espaço na agenda não significa fazer mais coisas; significa fazer até menos, mas fazer melhor.

Se você reparar, as três desculpas acima são maneiras diferentes de adiar alguma coisa, em qualquer área da vida. Pode ser algo no trabalho, um projeto pessoal, a realização de um sonho ou só começar a tão evitada dieta.

Mas sempre que usamos alguma delas, ficamos um pouquinho mais longe de alguma conquista. E quanto mais longe ficamos de algo, mais difícil fica enxergar que é possível conquistar o que se deseja.

Estou tentando não ficar longe dos meus objetivos e me manter à distância das minhas desculpas. E você?

Aproveitando, mensalmente eu envio uma Newsletter com os melhores textos e posts que encontrei, dicas práticas e sugestões de livros ou aplicativos, e eu gostaria de dividir com você!

Se tiver interesse, é só se inscrever com seu e-mail!

Texto: Vinícius Marchetti

Mantenha a distância das desculpas - 15

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail