capa do post

Cidade do Panamá: dicas para seu roteiro

Viagem | 1 | 26/06/2022

A Cidade do Panamá não é, assim como o próprio Panamá, um lugar que atrai o olhar e o interesse dos turistas brasileiros. Basta digitar aí no Google “O que fazer na Cidade do Panamá” que você vai reparar que a maior parte dos resultados são de grandes sites e blogs como Passagens Promo, Viaje na Viagem e outros parecidos.


Não é mesmo fácil encontrar relatos de viajantes que conhecem a cidade - geralmente, paramos no aeroporto da cidade em uma longa escala e é isso. A experiência acaba aí.


Mas e aí, vale a pena conhecer a Cidade do Panamá? Vale tentar fazer um Stopover no país e dar uma volta (ou até passar uns dias) na cidade? O que afinal tem para fazer na Cidade do Panamá?


É exatamente isso que vou te contar neste post! Continua lendo!

Como é a Cidade do Panamá


Viajamos para o Equador em abril/2022 e, como nosso voo era com a Copa Airlines, optamos por fazer o Stopover no Panamá (já falamos mais sobre isso lá no nosso Insta e sobre como não pagamos nada a mais por isso).


Chegamos na cidade em uma sexta-feira pela manhã e nosso voo para Quito seria na segunda-feira, nos dando 3 dias inteiros para desbravar a cidade.


A Cidade do Panamá é basicamente dividida entre a parte mais antiga e a mais moderna, e saber disso vai facilitar organizar seu roteiro por lá. Uma sugestão é separar um dia para a parte mais histórica e outro dia para a parte mais moderna.


A parte antiga fica mais afastada do Aeroporto Internacional de Tocumen, por onde seu voo provavelmente vai chegar no país, enquanto a parte mais moderna fica relativamente mais próxima.


Por isso, se você vai apenas passar o dia na cidade, organize seu roteiro para ir até a região mais afastada (no caso, o centro histórico) e, de lá, fazer o caminho de volta até o aeroporto, passando pela parte mais moderna! Assim você economiza nos traslados dentro da cidade!

Dia 1 na Cidade do Panamá


Como sugeri antes, vou começar falando da parte mais antiga, onde acho que vale a pena você dedicar pelo menos um dia para conhecer e curtir com calma.


Também vou incluir aqui a visita ao Canal do Panamá - apesar de não ser tão próximo, dá para considerar que ele fica nesta região e é um passeio que pode ser feito na parte da manhã.

Conhecer o Casco Viejo

Casco Viejo é um bairro e você pode andar pelas ruas para fazer fotos, tomar drinks, comer alguma coisa e curtir o dia.


É um lugar de construções antigas e que está sendo revitalizado pelo governo panamenho, tanto suas ruas, quanto seus prédios e estabelecimentos, e há um forte fomento ao comércio e à utilização dessa região pelos moradores e turistas (quando estivemos lá, a maior parte do bairro estava bem bonita, e via-se muitos lugares em reforma).


Além disso, há muito policiamento e nota-se antigas construções sendo reformadas e usadas por cafés, lojinhas, bares, restaurantes, hostels e várias opções de hospedagem (com destaque para alguns hotéis boutique).


Ou seja, o bairro hoje se tornou um polo turístico há uns anos e toda a sua região é bem movimentada, o que dá mais segurança para o turista que visita a cidade!


Uma experiência legal é ver o pôr do sol em algum bar/restaurante rooftop (você vai ver alguns por lá) e aproveitar a vista incrível que o bairro proporciona do resto da cidade!


No Casco você pode conhecer:

• A Iglesia San Francisco;
• A Iglesia de San Jose (ou Altar de Oro, que tem esse nome por uma lenda sobre o altar de ouro que foi escondido pelos padres quando o Panamá foi invadido por piratas);
• A Catedral Metropolitana;
• O Palacio de Las Garzas (sede do Governo Panamenho);
• A Plaza Francia e o Paseo de Las Bovedas (esses dois com uma vista bem legal da cidade, feirinhas de artesanato e mercados, tudo bem próximo).


Tudo isso, claro, sem contar do bairro em si, cheio de coisa para fazer! Nós adoramos!

Cidade do Panamá: dicas para seu roteiro - 5

Navio durante a travessia do Canal do Panamá | Foto: Pelo Mundo a Dois

Visitar o Canal do Panamá

Ficar na Cidade do Panamá e não conhecer o Canal do Panamá é a maior besteira que você pode fazer! Se você não sabe o que é, o Canal é a famosa obra de engenharia que liga os oceanos Atlântico e Pacífico, facilitando as rotas de comércio marítimo mundial.


O lugar é bem incrível - é impressionante ver as eclusas enchendo de água e os navios imensos passando de lado a outro. Surreal!


Para visitar o canal o lugar mais comum é o Centro de Visitantes Miraflores, que conta com uma boa estrutura de museu, banheiros, cinema e lanchonete. Para saber mais sobre horários de visita e detalhes, clique aqui.

Causeway de Amador

Já mais próximo ao Caso Viejo fica a Causeway de Amador, uma grande avenida que vai até umas pequenas ilhas, na ponta da cidade. Essa avenida é bem bonita, pois vai beirando o mar e tem uma vista bem legal da silhueta moderna da cidade e seus arranha-céus ao fundo.


Nessa área você encontra alguns restaurantes, pode caminhar ou alugar umas bicicletas e fazer algumas fotos. Não é algo imperdível, mas o visual é bem bonito e nessa rua fica o Biomuseo!



Biomuseo

O Biomuseo (veja o site aqui) fica na Causeway e, apesar de não termos entrado para vermos as exposições, só admirá-lo pelo lado de fora já vale a pena!

A estrutura é toda diferente e colorida e é um atrativo à parte! Se não curte visitar museus, só uma foto do lado externo com a paisagem já está bom!



Cinta Costanera e Mercado de Mariscos

A Cinta Costanera é um caminho (ou seria uma rua / passarela?) que acompanha a Avenida Balboa e a orla do mar, indo desde a parte mais moderna da cidade até o Casco Viejo.


Existe uma faixa desse longo caminho que é dedicado aos pedestres e ciclistas, e dá para aproveitar esse caminho - que passa por praças e ruas ao longo da beira do mar - para curtir a paisagem, principalmente se você caminhar até o Casco.


E é pertinho do Casco Viejo que você vai passar pelo Mercado de Mariscos, um grande mercado de frutos do mar e que tem barracas para comer! Foi bem recomendado não apenas por turistas, mas por moradores da cidade!


Foi uma pena que não tivemos tempo de visitar! Mas fica aqui a dica!

Cidade do Panamá: dicas para seu roteiro - 9

Nathara na frente do Biomuseo | Foto: Pelo Mundo a Dois

Dia 2 na Cidade do Panamá

Agora que você já conheceu a parte mais antiga da cidade, é hora de ir para a parte mais nova e moderna, que abrange a região de El Cangrejo, Obarrio, Marbella e Punta Pacífica, mais ou menos.


É ali que ficam os hotéis mais novos, dois dos grandes shoppings da cidade, edifícios imensos (e diferentões, como o F&F Tower), além dos bairros em si, que são um misto de residencial com comercial.


Iglesia del Carmen e bairros El Cangrejo e Marbella

Caminhar por estes bairros que tem uma pegada mais residencial é bem interessante, porque você consegue ter outra visão e viver outra vibe da cidade, muito diferente do Casco Viejo.


A Iglesia del Carmen é uma pequena igreja, bem bonitinha, que fica mo cruzamento das avenidas Central España e Federico Boyd, e pertinho dela você pode aproveitar e conhecer uma grande loja de departamentos (que vendo grandes marcas): a Felix B. Maduro.


Outra igreja bonitinha por ali é a Santuario Nacional Corazón de Maria, e se você gosta deste tipo de turismo, tenta dar uma passada lá.

Cidade do Panamá: dicas para seu roteiro - 12

Vini com o F&F Tower ao fundo | Foto: Pelo Mundo a Dois

Shoppings Multiplaza, Soho Mall e Allbrook

Se você quiser saber como são os shoppings e o mundo das compras no Panamá, reserve um tempo para conhecer um desses shoppings.


Sugestão: aproveite que o Soho Mall (um shopping mais chique, com lojas de luxo) fica relativamente perto do Multiplaza, que é imenso e tem lojas mais acessíveis, e visite os dois no mesmo dia!


O Albrook Mall fica mais afastado, mas é o maior de todos. Não visitamos esse, mas fica aqui a indicação!


Pertinho do Soho Mall fica a F&F Tower, um prédio todo diferente e que vai chamar a sua atenção assim que chegar na cidade!

Cidade do Panamá: dicas para seu roteiro - 15

Nathara sentada em frente à piscina do Panaviera Pool Bar | Foto: Pelo Mundo a Dois

Panaviera Pool Bar

O Panaviera é um Pool Bar que fica no 66º andar do JW Marriot Panamá, um prédio de 70 andares na orla da Cidade do Panamá.


O prédio é famoso também por abrigar o Ocean Sun Casino, e a entrada para os elevadores que levam até o Panaviera é feita pelo próprio cassino, à esquerda da entrada do hotel Marriot.


O bar tem vista panorâmica da cidade e é bem legal passar por lá para curtir o pôr do sol. O Panaviera é até mais barato que os bares do Casco Viejo e, em abril de 2022, a entrada não era paga e, como é um lugar bem legal e famoso, costuma encher.


Nossa recomendação é que você chegue no fim de tarde, para evitar filas ou ficar sem lugar (algo como entre 16:45 e 17:30 deve ser suficiente).


Ah, a piscina do Panaviera Pool Bar não estava aberta para nadar, mas você pode tirar fotos, curtir a vista e ter toda a vibe de uma piscina no topo de um dos maiores do país!


Claro que o post é apenas uma sugestão para você saber o que fazer na cidade sem muita correria, e o que vale mesmo é você reservar um tempo para saber o que fazer na Cidade do Panamá e curtir do seu jeito!

Texto: Vinícius Marchetti

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail