capa do post

O que fazer na África do Sul: dicas para sua viagem

Viagem | 2125 | 25/05/2020

A África do Sul é um lugar muito importante pra nós!

Vocês sabiam que essa foi nossa primeira viagem juntos?
Foi aqui que percebemos como a gente se dava bem, que dividíamos a mesma paixão por viagens e foi quando nos apaixonamos por uma cidade: Cape Town!

O que fazer na África do Sul: dicas para sua viagem - 2

Cabo da Boa Esperança | Foto: Pelo Mundo a Dois

Sugestões do que incluir no seu roteiro


Cidades Grandes - Joanesburgo e Cape Town (Cidade do Cabo) são as que você deve ir! Seguras, bonitas e tem todo tipo de role pra qualquer tipo de viagem!

Cidades Pequenas - Knysna e Hermanus: lindas e aconchegantes! Fazem parte da Garden Route!

Garden Route: a famosa road trip, que vai de Cape Town à Port Elizabeth! Lugar de paisagens incríveis pelo litoral do país, a Rota Jardim não pode faltar nessa sua viagem!

Cidades Pequenas [2] - Sabie e Graskop: cidades que vc pode se hospedar durante a Panorama Route. São lugares MUITO tranquilos e uma sugestão aqui é: experimente as cervejas artesanais da Sabie Brewing Co.

Panorama Route: a segunda road trip mais famosa por lá, a Rota Panorâmica é o trajeto entre o Krueger National Park e Joanesburgo! Por ali vc vai ver o terceiro maior cânion do mundo, cachoeiras e outros pontos com vistas impressionantes!

Tsitsikamma National Park: Parque que fica na Rota Jardim, onde rola fazer trilha, caiaque ou só relaxar! Mas não dá pra perder a paisagem de Storms River Bridge! Não faça como nós: acabamos deixando de fora do roteiro e, agora, haja arrependimento!!

Cabo da Boa Esperança: se vc não conhece, é o segundo ponto mais ao sul do continente africano e foi parte importante da expansão marítima portuguesa! Os navegadores chegaram lá quando buscavam dar a volta no continente em busca das Índias! História à parte, a vista nesse lugar é LINDA!! Só vai!!!

Rota dos Vinhos: o país tem vinhos famosos e vinícolas muito boas! Você pode fazer o tour, conhecer as instalações, degustar vinhos e até almoçar por lá! Stellenbosch e Franschhoek são 2 das mais famosas cidades com vinícolas, mas vc pode conhecer alguma que fique ali em Cape Town mesmo!

Bungee Jumping: o maior do tipo, sobre uma ponte, fica na África! Aproveita a viagem e veja se tem coragem!

Safari: não dá pra deixar de fora um dos maiores, ou talvez o maior, dos atrativos do país! Fazer um safari pelas savanas da África deveria ser uma experiência que todo mundo tivesse a oportunidade de ter, pois é indescritível ver aqueles animais tão de perto! Sozinho ou guiado, ficando em hotel caro ou barato, não deixe de visitar ao menos o Kruger National Park!

O que fazer na África do Sul: dicas para sua viagem - 5

Cidades pra conhecer


• Colocamos aqui pra vocês a primeira parte da nossa viagem para a África do Sul e as cidades que paramos. Tem muito mais pra falar ainda, sobre as road trips (Garden Route e Panorama Route), as outras cidades e seus atrativos, safari, mas hoje vamos com essas 4 cidades:

Cape Town: uma cidade que encanta com toda sua história, beleza e opções do que fazer! Lá você pode comer e beber muito bem, encontrar bares e pubs muito top, restaurantes ótimos a preço justo (e claro, alguns muito sofisticados!), conhecer muito da história do país e de Mandela, tudo isso numa cidade organizada, bonita e, sim, com praia!!! Se tiver que escolher, recomendamos você passar mais tempo aqui, pelo menos 3 dias;

Joanesburgo: com aquele ar de “cidade grande”, Joanesburgo é um lugar em que você pode ter muito mais contato com as origens do país: museus, praças e bairros carregados de história fazem você ter um pouco mais de imersão na África, mas não deixa de ter atrativos como restaurantes excelentes, centros de compras e bares movimentados! Não deixe de visitar Soweto, bairro onde Mandela cresceu; 2 dias é legal pra ficar, mas se puder ficar mais, não deve se arrepender;

Knysna: a cidadezinha do interior que nos conquistou, faz parte da Rota Jardim, é super tranquila, com paisagens lindas e aquelas várias opções pra comer e beber! Perfeita pra relaxar e ter uma experiência um pouco diferente das grandes cidades acima. 2 dias são suficientes, mas se você gosta de cidades mais pacatas, aproveita melhor e fica mais;

Hermanus: ainda menor que Knysna, a cidade é super acolhedora e arrumadinha, e pode ser visitada também pelo trajeto da Rota Jardim! Ela é ponto de observação de baleias, que chegam tão próximas da costa que é possível avista-las da orla da praia, e alguns dos hotéis, bares e restaurantes ficam bem nessa rua de frente para a praia! Tomamos um café da manhã por lá com essa vista linda!! Demais!!!

• Ainda vamos falar de cidades que valem a pena pelo menos uma paradinha na sua ida à África, mas isso fica pra outro post! E já anota e salva essas dicas aí pro seu roteiro!

O que fazer na África do Sul: dicas para sua viagem - 7

Sea Point, Cape Town | Foto: Pelo Mundo a Dois

O que fazer na África do Sul: dicas para sua viagem - 9

Mossel Bay | Foto: Pelo Mundo a Dois

Simon’s Town: é a cidade que fica logo depois de Boulder’s Beach, a famosa praia com os pinguins! Tem uma vista bonita, assim como as estradas da região!

Mossel Bay: praias e paisagens lindas, piscina natural e povo receptivo! Se você gosta de cidades menores e mais tranquilas, e ainda aproveitar vistas incríveis do litoral, essa é uma boa pedida! Tinha hospedagens baratas e gostamos do lugar - foi uma pena que não pudemos ficar pelo menos 1 dia na cidade!

Plettenberg Bay: o lugar é lindo e é um dos pontos famosos da Garden Route! E é nessa região que você pode saltar do maior bungee jump sobre ponte do mundo, na Bloukrans Bridge!

Jeffrey’s Bay: conhecida como a cidade do surf, pois faz parte do circuito mundial de surf!! A cidade é como as demais deste post, bem pequena, com belas praias e muito tranquilas! A cidade tem várias lojas de marcas conhecidas de surf, mas quando o campeonato mundial não está rolando, é tudo bebem calmo por lá!

O que fazer na África do Sul: dicas para sua viagem - 12

Praça do Green Market, Cape Town | Foto: Pelo Mundo a Dois

O que fazer na África do Sul: dicas para sua viagem - 14

Escadaria no Waterfront, Cape Town| Foto: Pelo Mundo a Dois

Como é fazer um safári na África do Sul?


Uma opção de safári no país é ir ao Kruger National Park, uma reserva nacional imensa, quase do tamanho da Eslovênia e Israel! No parque ficam várias reservas privadas, onde estão alguns hotéis.

Para fazer o safári, existem basicamente 2 formas:

Com agência, significa ir com motoristas e guias especializados em rastrear os animais. A experiência com certeza é mais interessante;

Sem agência, alugando um carro e fazendo o safári sozinho no parque, sem um guia especializado pra buscar os animais.

As vantagens em fazer com agência é que você fica livre do planejamento, pois eles determinam os horários do safári (em geral, 2x ao dia), baseado no que é melhor para avistar os animais. Você não terá que dirigir, ficando livre p/ ver os animais e tirar fotos. Outra vantagem é que os guias entram em qualquer canto da savana procurando os animais! É até meio insano eles se embrenhando no meio do mato pra achar os animais! Tensão a mil!

A desvantagem é que esse opção é + cara. Indo por conta você paga apenas a taxa de conservação, cobrada ao entrar na reserva, e gastos com o carro e alimentação. Você também vai ter que se atentar ao horário de funcionamento do parque, indo embora antes dos portões fecharem.

Você pode escolher entre se hospedar dentro do parque ou nas imediações. Ficando dentro do Kruger, geralmente a estadia, alimentação e os safáris estão inclusos no preço. Se hospedando fora, tem que fechar o safári com alguma agência ou ir por conta.

Por lá te todo tipo de estadia, desde campings até hotéis super luxuosos! Não precisa gastar horrores pra fazer o safári, muito menos pensar que esse tipo de experiência é só pra quem pode gastar muito!

Como chegar: dá pra ir de carro (de Joanesburgo, são umas 5h de estrada) ou de avião (uns 45 minutos até o aeroporto de Skukuza ou Nelspruit, que são próximos ao parque).

Quando ir: melhor ir na época seca, de maio a setembro: com a vegetação mais baixa, facilita ver os animais, e eles se locomovem mais em busca de água. Essa época também tem menos risco de se contrair a malária (essa é uma região de certo risco).

O que fazer na África do Sul: dicas para sua viagem - 17

Safári no Kruger Park | Foto: Pelo Mundo a Dois

Cervejarias na África do Sul


Knysna abriga a mais antiga cervejaria artesanal da África do Sul: Mitchell’s. Eles possuíam uma fábrica na cidade quando fomos (em 2017) porém, descobrimos que ela fechou e a operação foi pra Cape Town.

Mas calma, havia um bar imenso da Mitchells no Waterfront, em Cape Town mesmo, e você ainda pode provar das cervejas lá!

A África do Sul tem várias microcervejarias, e MAIS UMA delas fica em…. Knysna! Se chama Red Bridge Brewery! Nós também visitamos a fábrica (que é minúscula, bem artesanal mesmo), que fica dentro do próprio bar. Um baita passeio pra quem gosta de provar cerveja e comer umas porções!

E, falando em porções, como tem bastante influência inglesa, o país tem o costume de servir nos bares a porção de Fish and Chips, prato comum da Inglaterra: Peixe e batatas fritas! E nessas cervejarias você sempre encontra! Prove e saia feliz: preços eram super justos!

O que fazer na África do Sul: dicas para sua viagem - 20

Comes e Bebes


Pratos típicos da África do Sul:

• Biltong: é um tipo de carne seca deles. Encontramos essa carne basicamente em todos os cardápios pelas cidades! Provamos!

• Braai: carne em brasa, com ou sem espetos, que, pra nós aqui, é churrasco, mesmo! Encontrado tanto nas periferias como em restaurantes, dos especializados aos comuns, pode ser com carne bovina, carneiro, peixe, antílope e até legumes! Provamos (o de carne bovina!)!

• Potjiekos: parecido com uma ensopado de carne com legumes, foi servido em alguns jantares em um dos hotéis em que ficamos; Não provamos;

• Samosas: de origem indiana, encontramos esse pastelzinho triangular basicamente em TODOS os países em que há alguma influência indiana! E é sempre uma delícia! Samosas são vendidas aos montes na África do Sul! Nem precisa falar que provamos!

Indicação: existe um restaurante que amamos por lá, chamado Mugg & Bean! Ele é bar, restaurante e até lembra muito o Outback aqui no Brasil, devido ao ambiente mais despojado! Eles servem desde café da manhã até happy hours! Tem comida delícia, com cardápio variado, ambiente gostoso demais e opção pra todos os gostos e bolsos!!! Recomendamos! Ah, uma das melhores cheesecakes que comemos na vida foi lá!!!

O que fazer na África do Sul: dicas para sua viagem - 22

Curiosidades

5 pessoas que nasceram na África do Sul e você não sabia!


Vocês: sabem quais “famosos” nasceram por lá? 

1. Nelson Mandela: ganhador do Prêmio Nobel da Paz, preso político e Líder e Presidente do país, dispensa apresentações. Um ícone da humanidade!

2. Desmond Tutu: ganhador do Prêmio Nobel da Paz (não tá errado, não, são 2 Nobel da Paz neste mesmo texto, povo!), ele é um bispo da Igreja Anglicana que morou na mesma rua que Mandela. A rua, que fica em Soweto (Joanesburgo) é tida como uma das ruas mais importantes do mundo, justamente porque os dois moraram lá! Aliás, essa rua é um ponto turístico bem famoso na cidade;

3. Charlie Theron: sim, essa baita atriz nasceu lá! Estamos acostumados a pensar que artistas famosos em Hollywood são, na maioria, americanos, mas ela está aí com seu Oscar de melhor atriz pra mostrar ao mundo que por lá a arte do cinema também é forte!

4. Dave Matthews: é, o vocal e o nome da banda Dave Matthews Band é nascido em Joanesburgo!

5. J.R.R Tolkien: quando descobrimos isso, impressionou, porque o Vi é muito fã de O Senhor dos Anéis e ele não sabia desse detalhe!! Quem diria que Frodo Bolseiro e o Anel teriam nascido nas terras de Mandela, hein?

Se você não se lembra, ainda tem um famoso atleta paralímpico que entrou para a história ao disputar provas de atletismo com atletas que não eram amputados - ele não tem as duas pernas.
Infelizmente, ele também acabou ganhando fama por ser condenado pelo assassinato da sua namorada.

O que fazer na África do Sul: dicas para sua viagem - 24
O que fazer na África do Sul: dicas para sua viagem - 25

Knysna Heads, um pico na cidade de Knysna, que faz parte da Rota Jardim | Foto: Pelo Mundo a Dois

Panorama Route: como é a road trip entre Joanesburgo e Kruger Park

Todo mundo que pesquisar sobre a viagem na África do Sul, vai acabar encontrando sobre a Garden Route, mas fica mais difícil achar gente contando sobre a Panorama Route. E vamos falar aqui o que é, como fazer e o que tem de legal nessa outra road trip pelo país! 

Bom, pra não se decepcionar: essa rota não é cheia de glamour como a Garden Route. Isso quer dizer que as cidades no trajeto são menores e mais simples. O foco dessa rota é parte da paisagem pela região do Blyde River Canyon, um dos maiores cânions do mundo, com cachoeiras, colinas e vistas incríveis da região!

Se você for de carro de Joanesburgo para o Kruger (ou o inverso, como nós fizemos), vale aproveitar para ver as paisagens dessa rota! Nos hospedamos na cidade de Graskop (que é uma MINI cidade, apenas descansamos e tomamos bons vinhos lá) e passamos também por Sabie (que também é opção de estadia). Os principais pontos dessa rota são:

Lisbon Falls e Berlin Falls: duas cachoeiras próximas entre si e que tem uma vista muito bonita - muito verde ao redor e, com sorte, pode acabar avistando alguns animais por lá;

Bourke's Luck Potholes: formações rochosas incríveis e de um visual super diferente. Vale reservar um tempo pra procurar os melhores lugares pra curtir a vista;

Mac Mac Pools: pequenas cachoeiras e piscinas naturais onde vc pode inclusive, nadar (quando fomos, o frio impedia qualquer tentativa de mergulho);

God’s Window: uma visão muito bonita do vale, fica pertinho de outro mirante, o Wonder View. O dia tem que estar bonito pra não comprometer a vista;

Pinnacle: também um mirante, onde você avista ao longe uma formação rochosa única sobressaindo na paisagem (como na foto neste post);

Three Rondavels: talvez essa seja a melhor parada! É uma vista sensacional de três montanhas “irmãs” no cânion ao fundo, junto com a visão do Blyde River! É o lugar mais impressionante dessa rota!

Se tiver tempo de viagem, recomendamos que faça essa rota! Se tiver pouco tempo, escolha o Three Rondavels, as cachoeiras e os Potholes!

O que fazer na África do Sul: dicas para sua viagem - 28

The Pinnacle, na Rota Panorâmica | Foto: Pelo Mundo a Dois

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail