O que fazer em Londres: dicas para seu roteiro

Viagem | 12/05/2024

Londres é uma daquelas cidades incríveis e que tem muita coisa para fazer, com opções para todos os tipos de viajantes!

Apesar de ser uma cidade cara, temos certeza que você vai gostar de Londres e não vai faltar opções do que fazer no seu roteiro!

Estivemos na cidade por pouco tempo (pouco mais de 2 dias) e tivemos que escolher algumas coisas pra fazer, mas a lista do que fazer em Londres é imensa e nesse post você vai encontrar vários locais para considerar no seu roteiro!

Nosso roteiro pela Europa

Nós fomos para a Europa voando Latam, e emitimos essa passagem com milhas (no final de 2022, se não me engano), em um momento que as milhas Latam não estavam tão escassas como hoje, e os preços dos voos da Europa estavam meio altos (entre R$ 3.800 e R$ 4.500).

Chegamos no continente europeu via Londres justamente porque era a melhor tarifa para a época e duração da viagem que a gente queria - mas Londres e a Inglaterra não eram nosso destino final, foi apenas a forma mais prática de chegar no continente (por isso ficamos poucos dias em Londres!).


O que fazer em Londres: dicas para seu roteiro - 3

Quer saber mais sobre pesquisa de passagens baratas e como chegar nas Filipinas, na Ásia ou em qualquer lugar do mundo pagando menos? Conheça nosso mini treinamento de Passagens Baratas: Busca Implacável de Passagens!

Ele é uma aula de 1 hora onde ensinamos tudo que sabemos e usamos para viajar mais barato pelo mundo, com os conceitos básicos de pesquisa de passagens e como extrair o melhor das ferramentas de busca (o Google Flights) e como você pode pesquisar e encaixar suas passagens montando um roteiro melhor e mais barato!

Isso em uma aula rápida e prática, sem enrolação, onde ensinamos TUDO mostrando a tela do nosso computador!

Se quiser saber mais, clique aqui e conheça!

O que fazer em Londres: dicas para seu roteiro - 5

Quantos dicas ficar em Londres

Pela nossa experiência, você vai precisar de pelo menos 3 dias inteiros na cidade para conhecer tudo que desejar com calma, sem desespero.

Além disso, se for para algum lugar mais afastado, como os passeios de Windsor ou Stonehenge, vale adicionar mais um dia no seu roteiro!

Se você estiver com pressa e Londres for apenas uma cidade de passagem no seu roteiro (como foi o nosso caso), recomendamos ficar de 1 a 2 dias, se possível, e se hospedar próximo à estação Waterloo ou Big Ben, para poder aproveitar as principais atrações da cidade de forma rápida e prática, podendo fazer tudo a pé!


O que fazer em Londres: dicas para seu roteiro - 7
O que fazer em Londres: dicas para seu roteiro - 8

Piccadilly Circus e próximo à Oxford Street | Foto: Pelo Mundo a Dois

Como fazer seus passeios em Londres

Uma boa dica para pesquisar e fechar seus passeios em Londres é conferir o site da Get Your Guide, onde já fechamos vários passeios em nossas viagens ao redor do mundo, e você pode pesquisar valores e tipos de passeios acesso o site da Get Your Guide aqui.

Ah, outra dica importante é se manter conectado em Londres - chegar com internet no país de destino não é apenas bom, mas super importante!

Você pode precisar de conexão para chamar transporte, falar com seu hotel ou para alguma emergência, e desembarcar com internet no país é mais fácil e barato do que você imagina!


E uma das melhores formas que encontramos para ter sempre um chip internacional no celular, independentemente do destino e do horário da viagem, é  eSIM da Airalo!


O eSIM da Airalo é um cartão SIM digital super fácil e prático de usar: você baixa o app, escolhe o país de destino, segue todas as instruções para instalar e para habilitar o seu chip, e pronto! Você já está conectado economizando!


Você nem precisa tirar o chip da sua operadora do Brasil, já que é um chip virtual (está apenas instalado no seu celular, tudo via aplicativo), não gasta com roaming e fica sem preocupações para achar um chip no destino, tudo isso sem gastar a vida!


Então, se você quiser testar a Airalo, fica que ainda tem surpresa: seguidor do Pelo Mundo tem desconto!

É só clicar neste link e usar o cupom PELOMUNDOADOIS10 para conseguir desconto no seu primeiro eSIM internacional!

Roteiro em Londres: o que fazer na cidade

Nós chegamos na cidade no meio da tarde, e passamos pouco tempo na ida (mas tivemos 2 dias na volta da viagem)!

Justamente por isso (e como falei acima), para aproveitar melhor nosso tempo por lá, pegamos um hotel perto de várias atrações da cidade que a gente queria conhecer, para que pudéssemos visitar todas a pé, e nos hospedamos no Ibis London Blackfriar (do lado da estação Blackfriar, mas que estava fechada para obras em agosto/2023).


De qualquer modo, era a alguns quarteirões da estação Waterloo e foi fácil chegar e se locomover por lá!

Londres é uma cidade incrível (infelizmente, também é cara), e tem muita coisa para fazer - e vamos deixar aqui no post o que fizemos ou consideramos fazer em Londres:


Locais para visitar:

London Eye (há a recomendação de não comprar ingresso com hora marcada, porque é meio imprevisível o tempo de espera e pode acabar atrasando muito, assim como o clima meio incerto da cidade
Waterloo Station
Westminster Bridge e o Palácio de Westminster
Palácio de Buckingham (onde a galera costuma ir assistir à troca de guarda)
Big Ben
London Bridge e Tower Bridge
Torre de Londres (comprar ingresso antecipado)
Marble Arch
Mayfair Market (Mercato Mayfair, onde antes funcionava uma igreja anglicana, que deixou de ser usada na década de 70)
The Shard (o prédio em forma de pirâmide onde tem o bar rooftop e o The View)
• Leadenhall Market

O que fazer em Londres: dicas para seu roteiro - 12
O que fazer em Londres: dicas para seu roteiro - 13

Mercato Mayfair e o Big Ben | Foto: Pelo Mundo a Dois

Bairros, Ruas e Parques:

Chinatown
Soho
Camden Town (onde a Amy Winehouse morou e onde tem uma estátua dela)
Hyde Park
Baker Street (rua famosa por ser o endereço fictício do detetive mais famoso do mundo, Sherlock Holmes)
Piccadilly Circus (um dos cruzamentos mais famosos do mundo) e Regent Street
Abbey Road (a rua dos Beatles)
Oxford Street
Neal’s Yard (uma espécie de beco com várias lojas e restaurantes)



Museus e outros lugares:

Tate Modern
Minalima: loja dos criadores das artes de Harry Potter (confira o site aqui)
Millennium Bridge (a ponte/passarela que foi destruída no filme 6 de Harry Potter, o Enigma do Príncipe)
St Paul’s Cathedral
• Passeio para Stonehenge
Plataforma 9 3/4 do Harry Potter (estação King’s Cross)
Estúdios do Harry Potter em Leavesden
• Museu Madame Tussauds (vale comprar o ingresso antes)



Estádios de Futebol:
Wembley, um dos mais famosos do mundo
Stamford Bridge: estádio do Chelsea
Emirates Stadium: estádio do Arsenal

O que fazer em Londres: dicas para seu roteiro - 17
O que fazer em Londres: dicas para seu roteiro - 18

No metrô e nas ruas de Camden Town | Foto: Pelo Mundo a Dois

Como se locomover em Londers

A cidade de Londres tem metrô, trens, ônibus, táxis e Uber para ajudar na locomoção pela cidade, mas já saiba que Londres tem um trânsito bem complicado e, dependendo para onde você quiser ir ou onde estiver hospedado, andar de carro por lá pode te fazer perder bastante tempo.

A maneira mais prática (e talvez barata) de andar pela cidade seja o metrô ou trem. E tem uma facilidade incrível em Londres: você não precisa comprar bilhetes de transporte para isso: pode usar seu cartão Wise ou Nomad direto nas catracas das estações!


É isso mesmo! Usando a função de aproximação do seu cartão nas catracas das estações, o sistema vai verificar a sua estação de entrada e saída, e a tarifa será cobrada automaticamente do seu cartão, de acordo com o uso!

O metrô de Londres tem tarifas de acordo com a zona da cidade que você vai, e ficar calculando quanto é necessário ter num cartão de transporte da cidade pode não ser a maneira mais prática.


Por isso, ao usar seu cartão Wise ou Nomad, o sistema calcula automaticamente a tarifa mais barata e debita do seu saldo! Simples e prático!


Mas também tem a opção do Oyster Card, (pra quem mora em São Paulo, é tipo o Bilhete Único deles), que você pode usar para acessar o metrô, ônibus etc. Ele vai debitando o valor conforme o seu uso e tem até um limite de gastos no dia - se você usar muito, acaba pagando o limite diário e não paga mais o resto do dia (a cobrança retorna normalmente no dia seguinte).


Você pode comprar o Oyster Card pagando um valor de aquisição (em torno de £ 5) em estações de metrô, nos terminais automáticos, e parece que algumas lojas e no próprio aeroporto acabam vendendo (bem similar ao que acontecia com o Bilhete Único).

Nós nem tentamos usar o Oyster Card - o cartão Wise resolveu super bem e dava pra acompanhar os gastos pelo próprio app da Wise, no fim do dia.


Para facilitar seu uso do metrô na cidade, você pode acessar o site do próprio sistema de transportes de Londres e simular rotas, pra saber em qual estação descer, por exemplo. É só acessar o link aqui!

O que fazer em Londres: dicas para seu roteiro - 21

Seguro Viagem para a Europa

Como qualquer destino internacional, é muito importante você ter seguro viagem para visitar a Europa!

Sempre é bom evitar gastos desnecessários ou problemas que possam estragar sua viagem, só para economizar um pouco, sem contar que em muitos destinos o seguro é obrigatório!


O valor médio de gastos com uma viagem internacional, de acordo com nossas próprias viagens, é de uns R$5.000 ou R$ 6.000… será que vale mesmo a pena economizar R$ 100, R$ 200 no Seguro Viagem? Parece besteira poupar dinheiro com isso, já que é tão pouco perto dos demais gastos da viagem, né?


Então, se você quer pesquisar e fechar um bom seguro viagem, conseguir um desconto, ter um bom atendimento via Whatsapp e ainda ajudar o blog, clica aqui e use o Seguros Promo, assim como nós usamos, e pesquisa seu seguro!


Texto: Vinícius Marchetti | Foto de capa: Marcin Nowak

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail